NASA divulga diretrizes para exploração da Lua e de Marte

1 min de leitura
Imagem de: NASA divulga diretrizes para exploração da Lua e de Marte
Imagem: Pixabay/Reprodução
Avatar do autor

NASA anunciou na última quinta-feira (09) uma atualização nas políticas de prevenção a efeitos de contaminação de exploração espacial, especificamente na Lua e em Marte. Para isso, foram indicadas duas diretrizes principais (NASA Interim Directives - NID) sobre os cuidados necessários em missões robóticas e humanas, para proteger esses locais e a Terra de possível contágio biológico.

A primeira delas, intitulada NID 8715.128, apresenta medidas para o controle de possíveis contágios em projetos próprios ou afiliados. As atividades envolvem pouso, exploração ou órbita ao redor da Lua, e visam evitar um cenário que leve um organismo da Terra ao corpo celeste.

“Estamos possibilitando nosso importante objetivo de exploração sustentável da Lua e, ao mesmo tempo, protegendo a ciência futura em regiões não exploradas. Esses locais têm imenso valor científico em moldar nossa compreensão da história do nosso planeta, Lua e sistema solar”, disse Thomas Zurbuchen, administrador da NASA.

Pouso da Apollo 15 na LuaPouso da Apollo 15 na LuaFonte:  Pixabay/Reprodução 

A segunda diretriz, NID 8715.129, abrange a possível contaminação originária de Marte para a Terra, através de amostras trazidas para estudos. “Proteger a Terra de possíveis contaminações é a maior prioridade de proteção planetária na exploração de Marte”, diz o comunicado da agência.

“É importante que futuras missões deixem para trás um ambiente primitivo, para sabermos que uma possível descoberta não tenha sido deixada por nós antes ou venha impactar em outras pesquisas”, ressaltou Jim Bridenstine, diretor da agência.

Nesse sentido, outro objetivo das políticas da NASA e dos requisitos de proteção planetária é o de garantir que a busca por vida extraterrestre possa ser conduzida de modo mais seguro e confiável.

“Esse NID permitirá a exploração humana em Marte e criará novas oportunidades para uma ciência inspiradora e atividades comerciais inovadoras. Acredito que a ciência e a exploração humana são empreendimentos complementares e estou animado para ver reformas políticas abrirem uma nova era de descoberta”, completou.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
NASA divulga diretrizes para exploração da Lua e de Marte