Sonda Juno mostra que ar de Júpiter tem mais água do que se pensava

1 min de leitura
Imagem de: Sonda Juno mostra que ar de Júpiter tem mais água do que se pensava
Avatar do autor

Jamais a frase “cada mergulho, um flash” fez tanto sentido, em se tratando da sonda da NASA Juno, orbitando Júpiter desde 2016: no último, ela descobriu que o planeja gigante tem, na verdade, mais água na atmosfera do que se imaginava.

GIx

Os dados contradizem as leituras da Galileo, enviadas antes de a sonda se desintegrar na descida em direção ao solo do planeta, em dezembro de 1995. Uma de suas últimas tarefas, 57 minutos antes de interromper contato com a Terra, foi transmitir por rádio as análises de seu espectrômetro relativas à quantidade de água no ar de Júpiter.

À época, os cientistas ficaram consternados ao descobrir que havia um décimo do esperado. Juno deu-lhes um presente: à altura da linha do equador, cerca de 0,25% das moléculas na atmosfera joviana são de água.

A Juno capta, em dezembro de 2018, imagens do turbulento hemisfério sul de Júpiter. (Fonte: NASA/JPL-Caltech/Divulgação)

"Ninguém imaginaria que a quantidade de água pudesse ser tão variável por todo o planeta", explicou o pesquisador principal da Missão Juno, o físico espacial Scott Bolton. Com os dados da sonda combinados com um mapa infravermelho feito por um telescópio na Terra, a conclusão foi de que a Galileo teve azar, analisando um ponto meteorológico incomumente quente e seco do ar joviano.

Água em ciclones

Os dados foram coletados nos oito primeiros sobrevoos que a Juno fez sobre o planeta. Os estudos se concentraram na região equatorial, onde a atmosfera parece mais homogênea. O radiômetro da sonda foi capaz de enxergar mais fundo do que o da sonda Galileo.

Juno está lentamente inclinando sua órbita para o norte. O objetivo é analisar se a quantidade de água varia de acordo com a latitude e com os gigantescos ciclones do planeta gasoso. O próximo rasante da sonda vai acontecer no dia 10 de abril.

Fixv

"Todo sobrevoo traz uma descoberta", disse Bolton. "Juno nos ensinou que precisamos nos aproximar de um planeta para testar nossas teorias".

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Sonda Juno mostra que ar de Júpiter tem mais água do que se pensava