Parker Solar Probe: sonda da NASA transmite 1ª leva de dados sobre o Sol

1 min de leitura
Imagem de: Parker Solar Probe: sonda da NASA transmite 1ª leva de dados sobre o Sol
Avatar do autor

A Parker Solar Probe, sonda espacial da NASA focada em “tocar” e coletar informações científicas sobre o nosso Sol, acaba de transmitir a sua primeira leva de dados à Terra: o equivalente a impressionantes 22 gigas em levantamentos – ou mais que o dobro do que era esperado para essa etapa. Pois é... O dispositivo merece uma estrelinha pelo excelente trabalho realizado até agora!

Montanhas de dados

Lançada há cerca de 1 ano, a Parker Solar Probe foi projetada para orbitar ao redor do Sol e passar através de sua corona – aquele “anel” luminoso que costuma ficar visível no ápice dos eclipses solares totais – e, portanto, consiste no artefato construído pela humanidade que chegará mais próximo da nossa estrela. Nos últimos meses, a nave realizou dois sobrevoos, e a montanha de dados coletados nessas ocasiões são esses chegando ao nosso planeta.

(Fonte: Engadget/NASA/Johns Hopkins APL/Steve Gribben)

De acordo com a agência espacial norte-americana, os astrônomos que fazem parte da missão não esperavam receber tantos dados assim, já na primeira transmissão, e o sucesso foi atribuído ao bom funcionamento do sistema de telecomunicações da sonda. Essa leva corresponde a informações coletadas durante o primeiro sobrevoo do dispositivo, ocorrido no início do ano, e, como o envio foi concluído com louvor, o pessoal da NASA decidiu programar a Parker para transmitir ainda mais dados – correspondentes ao segundo sobrevoo, realizado em abril.

A primeira leva chegou à Terra no começo de maio, e as informações da segunda devem chegar até meados de agosto, quando é esperado que sejam recebidos 25 gigas de dados. Entretanto, teremos que aguardar um pouco mais para saber o que a sonda espacial andou descobrindo durante as suas aproximações – já que os cientistas devem analisar as informações e apresentar um estudo até o final do ano.

Mas não pense que o dispositivo terá folga até lá! Existe mais um sobrevoo com início programado para o dia 27 de agosto – com aproximação máxima em 1º de setembro –, e a sonda deverá permanecer em órbita ao redor do Sol nos próximos anos. E, considerando que o aparato provou ser capaz de coletar e transmitir muito mais dados do que o esperado, a expectativa é de que possamos descobrir e desvendar muitos mistérios relacionados com o Sol.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Parker Solar Probe: sonda da NASA transmite 1ª leva de dados sobre o Sol