Imagem de: Missão europeia quer interceptar um cometa do início dos tempos

Missão europeia quer interceptar um cometa do início dos tempos

1 min de leitura
Avatar do autor

A Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou sua missão Comet Interceptor, que pretende analisar com mais detalhes e ainda fotografar um cometa que deve se aproximar da Terra em breve. A ideia é criar um modelo tridimensional do astro que vai ajudar os cientistas a entenderem a origem do Sistema Solar.

Para isso, a ESA vai utilizar três espaçonaves devidamente posicionadas para registrar as imagens da passagem do cometa. Tudo isso deve estar pronto em tempo recorde: apenas oito anos. As naves fotógrafas devem ser lançadas da Terra em uma única peça inicialmente — a missão Ariel — em 2028. Ao chegar no lugar certo, as três naves vão se separar e aguardar a passagem do astro.

Essa análise vai ajudar os cientistas a entenderem mais fatos sobre a origem do Sistema Solar

Essa análise vai ajudar os cientistas a entenderem mais fatos sobre a origem do Sistema Solar. O cometa é proveniente da nuvem de Oort, um conjunto de de cometas que supostamente circularia o Sistema Solar e que não teria sido consideravelmente alterado desde a formação dessa estrutura planetária. Com isso, seria possível analisar a evolução dos astros que giram em torno do Sol.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Missão europeia quer interceptar um cometa do início dos tempos