Pouco tempo após ter anunciado a saída do ramo de smartphones, a Blackberry está acusando a Nokia de ter quebrado a patente de 11 de seus produtos. Esses registros são relativos, mais exatamente, a produtos e serviços compatíveis com as tecnologias LTE e UMTS/UTRAN. Elas estariam sendo usadas em dispositivos como a linha Flexi de base stations e o software Liquid Radio.

A BlackBerry e sua família de empresas inventaram novas tecnologias que cobrem as principais características das comunicações LTE e UMTS / UTRAN

O documento emitido pelos advogados da Blackberry relata o seguinte: “No desenvolvimento de seus inovadores dispositivos de comunicação móvel, a BlackBerry e sua família de empresas inventaram novas tecnologias que cobrem as principais características das comunicações LTE e UMTS / UTRAN. Para dar um exemplo, a habilitação de serviços de voz robustos para usuários LTE representou um desafio crítico que o BlackBerry conseguiu solucionar”.

Lado a lado: dispositivos das duas empresas já foram concorrentes

Algumas dessas patentes que a Blackberry acusa a Nokia de ter infringido vieram através da Nortel Networks, que foi comprada pela Rockstar Consortuim – grupo do qual faziam parte, além da Nokia, a Apple e a Microsoft. Além da Nokia, a Avaya e a BLU products foram processadas pela Blackberry há alguns meses. O resultado? Só o tempo dirá.

Cupons de desconto TecMundo: