Recentemente, um grupo de hackers — God'sApstls — invadiu servidores da Sony Pictures e realizou uma série de ataques para roubar arquivos da produtora. Mas, segundo algumas evidências encontradas pelo Mashable, isso não teria sido uma surpresa tão grande se executivos da Sony (CEO e Presidente, segundo o site) tivessem lido um email de ameaças enviado pelos hackers em questão.

Os repórteres Lorenzo Franceschi-Bicchierai e Christina Warren tiveram acesso à conta de Amy Pascal (a presidente da Sony Pictures) e chegaram a uma mensagem que teria sido enviada pelo grupo God'sApstls. O email — que aparentemente não chegou a ser aberto — trazia uma mensagem bem clara: “Nós podemos causar grandes danos à Sony Pictures. A compensação para que não façamos é monetária. Paguem ou a Sony Pictures vai ser completamente bombardeada.”.

Eles foram ainda mais ameaçadores: “Vocês nos conhecem muito bem e sabem que nós nunca esperamos muito tempo! É melhor vocês se comportarem com sabedoria!”. Segundo o que foi analisado, essa mensagem foi enviada três dias antes de os primeiros ataques contra os servidores da Sony Pictures começarem. Será que eles poderiam ter sido evitados se a Sony tivesse lido a mensagem?

Até a chegada dessas informações, os rumores que circulavam em toda a imprensa apontavam que o ataque teria sido originado na Coreia do Norte, em demonstrações de descontentamento com um filme chamado The Interview — no qual o ditador Kim King-un seria assassinado. Com a suposta tentativa de extorsão, a origem e as motivações do crime ficam bem mais misteriosas.

Cupons de desconto TecMundo: