(Fonte da imagem: Reprodução/Techcrunch)

O Exército Eletrônico da Síria (Syrian Electronic Army, ou SEA) ganhou a atenção do mundo ao hackear o Twitter do jornal Financial Times, do The Guardian e da AFP. Agora, ele começou uma série de ataques a produtos da Microsoft, sendo que a mais recente vítima é uma página que mal havia entrado no ar.

O alvo foi o blog do Microsoft Office, recém-reformulado com um design mais inspirado na versão 2013 do pacote. Mas nenhuma alteração radical foi notada: além de postar o painel de administração do domínio no Twitter só para provocar, o SEA apenas trocou algumas das postagens por avisos de que o site foi hackeado.

Ao site The Verge, a Microsoft confirmou a invasão, mas avisou que a conta foi rapidamente restaurada para impedir roubos de dados.

O SEA é um grupo de hackers que apoiam o regime do presidente em exercício da Síria, Bashar al-Assad, e atacam opositores políticos e companhias ocidentais. A maioria das contas é obtida por ataques de phishing por emails enviados a funcionários, mas derrubar páginas por ataques DDoS também são ações comuns da equipe.

Cupons de desconto TecMundo: