Não deveria ser surpresa: já rolou demonstração de que o sistema dos carros da Dodge e da Jeep tinham fragilidades brutais de segurança, que permitiam que hackers assumissem o controle do veículo de forma remota. Por isso, o grupo Fiat Chrysler anunciou um recall no ano passado para corrigir o problema e mantém até hoje um programa de caça a bugs e outras brechas de segurança que recompensa com dinheiro quem encontrar algo.

No início do mês passado, foram reportados os primeiros casos de roubo de veículos das duas marcas com a utilização de notebooks. Uma dupla de ladrões em Houston é suspeita de ter roubado mais de 30 carros num período de seis meses, utilizando apenas um notebook. Na última sexta-feira, no entanto, eles foram pegos em flagrante – e tudo começou com este vídeo:

Michael Arce e Jesse Zelaya foram identificados e monitorados enquanto hackeavam e roubavam carros em Houston, nos Estados Unidos. A maior parte dos veículos roubados, surpreendentemente, estava destrancada, então facilitava o trabalho da dupla, que só precisava entrar, conectar seu laptop ao sistema de infotainment do carro, ligá-lo através de um software e ir embora.

Arce e Zelaya

A Fiat Chrysler nos Estados Unidos soltou uma nota a respeito da situação que diz o seguinte: “A FCA US leva a segurança de seus usuários muito a sério e, por isso, incorpora itens em seus veículos que ajudam a reduzir o risco de acessos não autorizados ou ilegais ao sistema ou de comunicação sem fio. A empresa vem cooperando com o Departamento de Polícia de Houston desde que as investigações começaram. Elas ainda estão em andamento e, sendo assim, a empresa não tem mais nenhum comentário a fazer”.

Quer receber notícias de tecnologia e veículos no seu Facebook? Então não deixe de curtir a página do TecMundo Auto!

Cupons de desconto TecMundo: