Revelado durante badalado evento “Spring Forward”, na última segunda-feira (9), o novo MacBook foi anunciado com a promessa de ser uma reinvenção do produto, capaz de revolucionar o mercado. Com um design finíssimo, pesando menos de um quilo e trazendo vários novos recursos, o computador portátil deu o que falar, caindo nas graças dos fãs da Apple e se tornando alvo dos haters. Porém, teve quem não ficasse impressionado e nem visse nada demais no tal lançamento. O nome do elemento? ASUS.

Mesmo com as grandes especulações e uma olhada inicial debaixo do capô do mais novo integrante da linha de notebooks da Apple, a gigante taiwanesa não se comoveu muito com a empreitada, e, de quebra, ainda deu uma provocada. A ASUS usou e abusou das redes sociais para mostrar que já tinha colocado em prática diversas das tecnologias e funcionalidades exaltadas pela Empresa da Maçã com sua edição 2015 do MacBook. Sobrou até para o preço nada amigável do produto recém-anunciado – que deve ter feito muita gente chorar.

Escolha o seu combatente para a zoeira

O guerreiro escolhido para bater de frente com o MacBook foi o ZenBook UX305, anunciado durante a CES 2015, ainda em janeiro, e portador de especificações de respeito. Chegando com dois pés no peito, a ASUS se focou primeira na comparação de espessura, colocando uma imagem com os dois aparelhos lado a lado e ressaltando os 12,3 milímetros do ZenBook em comparação com os 13,1 do aparelho da Apple. “O ‎ZenBook UX305 é ainda mais fino que o Macbook. E também custa metade do preço #incrível”, foi a mensagem da empresa.

Em seguida a famosa tecnologia Retina foi questionada pelos social medias da companhia taiwanesa, mostrando que o display IPS QHD de 3200x1800 pixels do seu computador pode fazer com que a resolução 2304x1440 do seu concorrente não pareça mais tão atraente. “Os números não mentem! A diferença é clara. Veja por si mesmo”, escreveu a ASUS junto da foto. A zoeira final foi uma escala de espessura brincando com a hilária medida em bananas, um recurso muito popular no site de humor 9GAG.

No Facebook e no Twitter, os internautas se dividiram bastante quanto à tiração de sarro da ASUS. Enquanto uns riram bastante com as imagens e a ousadia da empresa – e até parabenizaram a potência do ZenBook UX305 –, outros não pouparam a empresa de críticas, descendo a lenha na comparação direta e dizendo que ela meramente pegou a onda do sucesso do novo MacBook. E você o que achou da brincadeira? Deixe sua opinião nos comentários, mas vamos com calma na polêmica, hein!

--

Novos competidores? Agora virou bullying!

Opa, voltamos para atualizar a matéria porque, aparentemente, mais gente quis participar da brincadeira de tirar uma ondinha com o novo MacBook. Sem deixar a peteca cair, Dell e Lenovo resolveram mostrar que também não ficam atrás da Apple, se juntando ao coro iniciado pela ASUS. A empresa taiwanesa, aliás, também não deixou por menos e reservou uma das suas até para o esperado Apple Watch.

A Dell, bastante querida no Brasil pelos seus notebooks de qualidade, colocou o dedo na ferida da resolução – algo que parece que vai assombrar a Empresa da Maçã por um tempo. “A tela virtualmente sem bordas do nosso Dell XPS 13 tem 5,7 milhões de pixels – isso é 2 milhões a mais que o retina display de 12 polegadas”, escreveu a companhia em seu perfil no Twitter. Um dos modelos mais novos da Dell, o note foi anunciado durante a CES deste ano.

Enquanto isso, a Lenovo deixou a sutileza de lado para mandar um tweet não apenas comparando a espessura reduzida de um de seus produtos, como ressaltando que isso não precisa se traduzir em apenas uma porta USB. “Vimos o seu laptop fino (#TãoAnoPassado) e cobrimos com 3 modos, 2 portas USB e uma tela touch com maior resolução”, disparou na rede social, mostrando o seu YOGA 3 Pro, lançado em 2014 e com meros 12,8 milímetros da base ao topo quando fechado.

Para dar uma cutucada na estrela do momento, o Apple Watch, a ASUS norte-americana voltou ao Twitter para oferecer a sua própria opção ao produto relativamente caro da concorrente – ou bem mais caro se estivermos falando daquele que literalmente é feito de ouro. “O ASUS ZenWatch concentra estilo, performance e recursos por cerca de US$ 200”, disse a mensagem publicada na quinta-feira (12). O relógio inteligente dos taiwaneses custa cerca de US$ 150 a menos do que o modelo mais simples da Apple.

E aí, essa segunda rodada deu uma animada na zoeira entre as empresas de tecnologia? Acha que agora já deu ou será que falta alguém para tentar fazer a Apple de “saco de pancadas”? Comente aí embaixo o que está achando das tretas virtuais, mas sem xingar o amiguinho, ok?

Cupons de desconto TecMundo: