O novo e superfino MacBook da Apple, apresentado nesta segunda-feira (9), custará caro — só que isso todos os consumidores e fãs da marca já esperavam. O que pode pegar muita gente de surpresa é o pequeno dispositivo acima, que será essencial para muita gente e também não sai barato.

Trata-se dos novos adaptadores para a porta universal USB Type-C. O acessório é obrigatório para quem deseja conectar o novo MacBook a um monitor HDMI, VGA ou a um dispositivo USB 3.1 simultaneamente. Isso significa que esse hub permite a interação entre o computador da Apple e pendrives, monitores ou outras telas, carregadores e dispositivos móveis.

É claro que você pode usar somente a entrada USB-C, mas só poderá fazer uma conexão por vez. Quem precisa ligar vários aparelhos por vez ao MacBook, portanto, se verá obrigado a fazer a aquisição — sem contar o MacBook em si, que pode sair por mais de R$ 10 mil.

O cabo na variante com entrada VGA também é vendido por mais de R$ 400.

São dois modelos: o "Adaptador de USB-C para AV digital multiporta", com conexão HDMI, e o "Adaptador de USB-C para VGA multiporta", para VGA. O preço assusta e supera até mesmo alguns celulares intermediários vendidos no Brasil: cada um deles custa R$ 429 no site da Apple Store brasileira. Ambos os cabos não estão presentes e devem ser comprados separadamente.

Mais opções

Quem não quiser gastar tanto e ter somente a conexão USB pode comprar o cabo USB-C para USB 3.1 por R$ 99. A empresa anunciou ainda um carregador extra de 29W (R$ 279) e um cabo simples para carregador (R$ 149)

A Apple argumenta que a espessura reduzida (e surpreendente) do aparelho só permitiu a nova e única porta. O design também é beneficiado dessa ausência, já que o aparelho fica ainda mais limpo e minimalista com uma só conexão.

Cupons de desconto TecMundo: