O mais polêmico aplicativo mobile da atualidade acaba de adicionar uma nova regra em seus termos de serviço para evitar novos problemas. A partir de agora, é proibido portar e usar armas de fogo se você for usuário (passageiro ou motorista) do serviço Uber.

"Nós procuramos garantir que todos usando a plataforma digital do Uber — tanto motoristas quando caroneiros — sintam-se seguros e confortáveis usando o serviço. Durante uma carona arranjada pela plataforma, o Uber e seus afiliados agora proíbem a posse de armas de fogo de qualquer tipo em um veículo. Qualquer motorista ou caroneiro que for flagrado violanto essa proibição pode perder o acesso à plataforma", diz o comunicado.

Anteriormente, armas de fogo com as licenças em dia eram permitidas. A mudança vale desde 10 de junho, mas só agora recebeu a devida publicização pela companhia. Em países onde a venda e o porte desses equipamentos são mais liberados, como nos Estados Unidos, a discussão e a polêmica deve ser intensa nas próximas semanas.

Vale lembrar que o Uber é centro de polêmica em vários países e por inúmeras razões, como a segurança de motoristas e caroneiros. No Brasil, uma audiência na Câmara dos Deputados resultou em bate-boca, enquanto o México viu um protesto de taxistas virar promoção de corridas de graça, o que irritou os motoristas.

Cupons de desconto TecMundo: