"Isso sim é inovação". Esse foi o tom usado em várias frases para anunciar alguns dos recursos do iOS 9 durante o WWDC 2015, evento anual da Apple para desenvolvedores. Durante a apresentação, diversas funcionalidades foram reveladas, mas algumas não eram tão novas assim.

O tom de brincadeira entregou a estratégia: mesmo tendo anunciado os recursos como inovadores, a Apple sabe muito bem que eles estão presentes nos concorrentes. Windows e Android, por exemplo,  trazem diversas funcionalidades das que foram apresentadas, o que nos leva a crer que houve um consenso não pronunciado, algo como: "Sei que isso não é novo, admito que é essencial e estou integrando em minha plataforma". Vamos ver o que o iOS 9 emprestou dos outros?

1. Tela dividida e multitarefa no iPad

Presente em aparelhos da Samsung e LG há anos, o recurso de tela dividida finalmente chegou ao iOS. Porém, apenas o iPad Air 2 vai poder utilizá-lo. Dessa forma, dois apps podem funcionar ao mesmo tempo, ocupando completamente o display com suas interfaces. Nada de novo para quem possui um Galaxy Note 3 ou LG G3, por exemplo.

Tela dividida e multitarefa no iPad.

Recurso semelhante no concorrente.

2. Sugestões do Spotlight

O Spotlight ficou mais inteligente. Agora, o mecanismo de busca no iOS 9 – assim como no OS X El Capitan – vai ser mais fácil de utilizar e aprenderá com o usuário. Através da Siri, o Spotlight vai sugerir contatos e apps recentemente usados, e haverá até indicação de lugares para visitar. Nada que o Google Now já não faça há algum tempo.

Sugestões do Spotlight.

Recurso semelhante no concorrente.

3. Proactive

A Siri se tornou mais proativa. Além de trabalhar com o Spotlight para sugerir contatos e apps, a assistente pessoal vai começar a dar dicas para os usuários antes mesmo que eles peçam. Lembrar entradas no calendário e indicar uma saída antecipada por causa do trânsito são algumas das possibilidades.

Proactive.

Recurso semelhante no concorrente.

4. Apple Maps

O Nokia HERE e o Google Maps deram uma "ajudinha" ao Apple Maps. O sistema de mapas do iOS 9 vai disponibilizar informações sobre o trânsito, assim como do transporte público de algumas cidades. Em adição a isso, a sugestão de lugares – algo que os concorrentes já fazem há tempos – também dará as caras na plataforma.

Sugestões do Apple Maps.

Recurso semelhante no concorrente.

5. iOS Notes

Semelhanças com o Evernote ou o Google Keep não são meras coincidências. Agora, o iOS Notes está ainda mais parecido com os apps tradicionais de notas, sendo capaz, inclusive, de registrar fotos e inseri-las nas anotações.

Appe de notas iOS Notes.

Recurso semelhante no concorrente.

6. Modo de economia de energia

O "novo" modo de economia de energia foi uma das funcionalidades que mais lembrou o que é visto em concorrentes como Android e Windows. Afinal, ambos trazem esse tipo de recurso e permitem que o aparelho consiga durar mais um pouquinho longe das tomadas. Esse sistema vai cortar funções do iOS 9 para economizar energia.

Modo de economia de energia.

Recurso semelhante no concorrente.

7. Vídeo em janela pop-up

Assim como a tela dividida, o recurso de janela pop-up já está presente em outros aparelhos. Graças a essa funcionalidade, é possível assistir a um vídeo enquanto você checa os seus emails ou navegar na internet enquanto busca por músicas no iTunes.

Vídeo em janela pop-up.

Recurso semelhante no concorrente.

8. Atalhos de teclado

O recurso que já estava presente no Android e em diversos aplicativos de terceiros – como SwiftKey e Swype – acaba de desembarcar oficialmente no iOS. Agora, além das sugestões de escrita e correção automática, o teclado do sistema vai oferecer alguns botões de edição, como colar, copiar, recortar, tirar foto e adicionar anexo. O recurso vai enriquecer a experiência do usuários, mas está longe de ser uma novidade.

Atalhos de teclado do iOS 9.

Recurso semelhante no concorrente.

9. App de notícias

Semelhante ao Flipboard e ao Play Banca, o novo app de notícias da Apple vai reunir as principais fontes de informação em um só lugar para que os usuários possam se manter informados. O tipo de conteúdo a ser exibido poderá ser definido de acordo com as preferências pessoais de cada um.

App de notícias.

Recurso semelhante no concorrente.

10. Swift 2 com código aberto

A Apple vai abrir as portas da sua linguagem de programação. Com um código aberto, desenvolver para o iOS 9 com o Swift 2 se tornará uma tarefa mais acessível a todos que desejarem. Quando for entregue, o sistema também promete estar mais rápido e dinâmico para os usuários.

Swift 2 com código aberto.

11. Apple Music

A tendência ao streaming de música era evidente e a Apple não errou ao anunciar o Apple Music. No entanto, há diversas opções já disponíveis para o mercado – inclusive para o próprio iOS – o que remove o título de "inovador" para o novo sistema da empresa.

Apple Music.

Recurso semelhante no concorrente.

12. iCloud Drive

Um app dedicado para que você possa gerenciar as suas pastas e arquivos armazenados na nuvem. Soa como uma novidade? Essa é a principal função do iCloud Drive, que ainda vai contar com um mecanismo de busca, navegação intuitiva e informações sobre espaço disponível.

iCloud Drive.

Recurso semelhante no concorrente.

E no OS X El Capitan?

O sistema operacional para computadores da Apple também aproveitou algumas funcionalidades dos concorrentes. As mais evidentes são a fixação de abas no Safari – algo que o Google Chrome já faz – e a tela dividida para trabalhar com dois programas – muito semelhante ao que acontece no Windows. Algumas ações no software de email, como deslizar as mensagens para realizar algumas ações, também foram "emprestadas" de outros.

Cupons de desconto TecMundo: