As autoridades argentinas acabam de impedir que um contrabando avaliado em aproximadamente 800 mil dólares de dispositivos Apple tenha entrada no país. Segundo o Yahoo, a ação foi realizada pela agência de coleta de impostos, com a análise de várias informações online disponíveis por importadoras.

O carregamento apreendido foi feito originalmente por uma empresa dos EUA e trazia vários itens sujeitos à restrição de importação da Argentina. Entre os dispositivos contrabandeados temos mais de 500 aparelhos Apple – incluindo em torno de 260 iPhones, 10 iPads e 60 notebooks. Os smartphones e tablets da empresa não foram os únicos, sendo que também foram encontrados produtos da Canon, Nikon e Panasonic.

É interessante notar que os contrabandos de dispositivos Apple são algo especialmente comum por lá, devido ao preço elevado dos aparelhos na Argentina: visto que não há uma Apple Store no país, a única loja a vendê-los o faz a preços absurdamente altos. Por vezes, o preço chega a três vezes o valor cobrado pelo aparelho nos Estados Unidos.

Cupons de desconto TecMundo: