De tempos em tempos, a Apple adquire empresas menores sem que um grande alarde seja feito em relação à compra – bastante diferente do que ocorreu quando a Beats foi adquirida por US$ 3 bilhões. De acordo com o site especializado MusicAlly, a empresa da Maçã comprou o serviço britânico Musicmetric em outubro de 2014, porém somente nos últimos dias informações foram divulgadas sobre o assunto.

Se você não está familiarizado com o Musicmetric, ele é caracterizado por analisar o desempenho de artistas e suas músicas não somente nos veículos midiáticos oficiais, informando quantas vezes eles são pirateados e quais são os potenciais ouvintes depois de um determinado tempo. Ele é capaz de ler dados P2P, opiniões, comentários de milhões de pessoas em sites, redes sociais e blogs, tudo para identificar quais artistas estão sendo mais falados no exato momento da análise.

Como a Apple já possui dois serviços de músicas, o iTunes e o BeatsMusic, a aquisição de um produto como o Musicmetric é bastante interessante para analisar como certos conteúdos podem se popularizar rapidamente antes de chegaram às próprias lojas digitais. A Semetric, empresa por trás da Musicmetric, hoje é oficialmente parte da Apple (inclusive, o novo endereço da Semetric é o mesmo da Apple em Londres).

A Apple disse ao MusicAlly, quando questionada sobre a aquisição do Musicmetric, que de tempos em tempos novas tecnologias menores são adquiridas pela empresa da Maçã (e que geralmente o propósito e o plano dessas compras não são discutidos publicamente). A Semetric não comentou nada sobre o caso, e, até o momento, os valores da aquisição não foram divulgados.

Um antigo amigo do Spotify

É interessante observar que no início de 2013, o Musicmetric foi parceiro temporário do Spotify, um dos grandes rivais da Apple no segmento musical. Nesse período, dados analíticos de mais de 20 milhões de faixas foram fornecidos ao Spotify pelo Musicmetric. Hoje, o Spotify já possui o seu próprio serviço do gênero, o Echo Nest, capaz de analisar e relacionar diferentes tipos de artistas para fornecer experiências personalizadas na plataforma.

Seja como for, aparentemente a Apple utilizará os dados fornecidos pelo Musicmetric para averiguar como está o desempenho de determinados artistas e bandas na internet (assim como filmes e seriados), além de fornecer melhores recomendações customizadas aos usuários.

Cupons de desconto TecMundo: