Se você não aguentou a ansiedade e importou um iPhone 6 Plus de 128 GB, é bem provável que esteja enfrentando alguns problemas técnicos com seu dispositivo. Muitos consumidores ao redor do mundo afirmam que este modelo em específico está travando e reiniciando constantemente sem nenhum motivo claro. No geral, as reclamações são oriundas de clientes que armazenam uma grande quantidade de dados no telefone celular.

A Apple nunca se pronunciou em relação a tal problema, mas tudo indica que ela será forçada a ordenar um recall do smartphone em um futuro breve. De acordo com uma reportagem publicada pelo jornal BusinessKorea, pesquisadores descobriram que tais falhas encontradas no produto são originárias do módulo de memória NAND utilizada no gadget, que é do tipo TLC (triple-level cell). O periódico explica que as memórias TLC armazenam três bits de dados em cada célula flash, sendo capaz de guardar um número superior de informações caso comparadas com as memórias SLC (single-level cell) e MLC (multi-level cell).

Por outro lado, os módulos TLC são mais instáveis e suscetíveis a erros, especialmente em seus controladores IC da memória. Contudo, por ser mais barata, tal tecnologia foi adotada pela Apple para evitar um aumento vertiginoso no custo do aparelho. Na pior das hipóteses, o tiro sairá pela culatra e a Maçã será obrigada a ordenar um recall de todas as unidades do iPhone 6 Plus que já foram vendidas, já que esse problema não pode ser consertado remotamente com o auxílio de um software (o que se cogitava inicialmente). A companhia ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Será só mais um boato?

Ainda que o BusinessKorea seja um jornal de renome, fontes ligadas à Apple afirmaram ao site 9to5Mac que o periódico está incorreto ao defender que o bug é oriundo do módulo de memória. De acordo com tais fontes misteriosas, o número de consumidores afetados por reinicializações inexplicáveis é pequeno (cerca de 159 usuários) e todos eles têm uma característica em comum: possuem uma quantidade absurda de aplicativos instalados, como 500 programas ou mais. O 9to5Mac afirma ainda que a Apple está ciente desse “bug raro” que significa que, em breve, ela deve dar algum comunicado oficial sobre o assunto.

Cupons de desconto TecMundo: