Pouco tempo após um dos modelos de computador Apple-1 vendidos por Steve Wozniak ter alcançado a bagatela de US$ 905 mil em um leilão, agora é a vez de mais uma unidade funcional da rara máquina ser leiloada. A diferença é que a nova oferta foi vendida por ninguém menos que o próprio Steve Jobs e vem com uma prova de sua origem, o que eleva consideravelmente o valor da peça.

Segundo a casa de leilões Christie's, o valor estimado do computador está entre US$ 400 mil e US$ 600 mil. O dispositivo originalmente foi uma propriedade de Charles Ricketts, que para comprar o aparelho chegou a preencher um cheque para a Apple no valor de US$ 600, com os dizeres “comprado em 1976 de Steve Jobs na garagem de seus pais em Los Altos”.

De acordo com um comunicado da casa de leilões, a máquina está totalmente operacional e deve ser vendido junto ao cheque cancelado que citamos acima e a outro com a identificação “Software NA programado por Steve Jobs em agosto de 1976”. É provável que o Apple-1 de Ricketts alcance um valor superior a US$ 1 milhão, uma vez que o modelo leiloado anteriormente chegou perto disso mesmo sem ter os itens que confirmam sua origem.

O leilão deve acontecer no dia 11 de dezembro no Rockefeller Center, em Nova york, e terá também como ofertas itens do arquivo de Ron Wayne. O acervo consiste de peças como as provas de funcionamento originais do Manual de Operação do Apple 1 e diagramas de uma proposta para um gabinete de computador pessoal Apple II.

Cupons de desconto TecMundo: