(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

A Apple é uma empresa famosa por oferecer produtos de qualidade e muito bem fabricados, o que é algo ótimo para o consumidor final. No entanto, a companhia já foi criticada por acabar exigindo demais de toda a sua cadeia de fornecedores, de modo que os funcionários que trabalham indiretamente para ela acabam sofrendo as consequências.

Os casos mais famosos são de greves na Foxconn, sendo que houve um caso deste gênero em dependências brasileiras. Por conta disso, a Apple reduziu as suas operações com essa empresa no mundo todo, com o objetivo de diminuir a pressão recebida pelos funcionários e, com isso, melhorar as condições de trabalho.

Os problemas continuam...

Apesar dessa tentativa, a empresa da Maçã continua sendo alvo de criticas por conta da situação considerada desumana de trabalho dos seus fornecedores. De acordo com informações divulgadas por diversas fontes internacionais, fábricas da Pegatron Corp e outras duas subsidiárias que trabalham com a Apple foram acusadas de violar os direitos dos seus colaboradores.

Essas empresas são acusadas de reter o pagamento de funcionários, confiscar documentos que permitem que eles arranjem trabalho em outros lugares e de não providenciar uma condição decente para que os serviços sejam feitos — ou seja, as violações ferem até mesmo o direito à liberdade dos trabalhadores.

Em sua defesa, a Apple declarou que realiza auditorias desde 2007 em todas as dependências da Pegatron, incluindo fiscalizações surpresa. Apesar disso, devido às novas acusações, a companhia da Maçã vai trabalhar para identificar as violações dos direitos desses trabalhadores e garantir a segurança e qualidade na sua cadeia de fornecedores.

Cupons de desconto TecMundo: