(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Acostumado a dar entrevistas com opiniões surpreendentes e cheias de elogios a concorrentes como Android e Windows Phone, Steve Wozniak voltou a fazer críticas sobre a atual administração da Apple. O alvo das críticas agora é a Siri, a assistente pessoal que, segundo ele, era muito mais eficiente antes de ser usada pela empresa.

Em uma conversa com o Times Union, Woz contou que usou o aplicativo antes de ele ser comprado pela Apple – e que ele era ainda mais impressionante e eficiente. Caso você perguntasse quais os primeiros números primos ou os maiores lagos dos EUA, por exemplo, a resposta viria instantaneamente. Após a aquisição, segundo ele, a Siri se confunde, não diz nada ou manda mensagens erradas.

Apesar de ter trabalhado durante boa parte da vida na empresa, Woz diz não saber o motivo da diminuição nas capacidades da assistente de voz. Ainda assim, ele acredita que a tecnologia pode ser melhorada no futuro, até chegar a um nível que tornaria a conversa entre consumidor e aparelho “mais natural”.

Com relação às novidades mais recentes da Maçã, ele elogiou bastante o novo MacBook Pro e se disse impressionado com o PassBook, a tecnologia de passagens e ingressos virtuais que integra o iOS 6.

Fonte: Times Union

Cupons de desconto TecMundo: