Imagem oficial do MacBook Pro modificada pelo site 9to5Mac para demonstrar como o notebook da Apple ficaria mais fino. (Fonte da imagem: Reprodução/9to5Mac)

Segundo publicação do site 9to5Mac, que teria recebido informações de fontes da cadeia de suprimentos dos produtos da Apple, o novo MacBook Pro seria mais fino do que a versão atual,  teria tela de 15 polegadas com Retina Display de altíssima resolução, e contaria com portas USB 3.0 (uma surpresa para quem achava que a empresa ignoraria essa tecnologia, devido a existência do Thunderbolt em seus produtos).

De acordo com o rumor, ao contrário do que se especulava, o futuro modelo do notebook da Maçã não terá design similar ao MacBook Air – máquina da empresa que briga pelo mercado de ultrabooks. Contudo, o hipotético modelo da linha Pro herdaria algumas características do portátil ultrafino da marca, como a ausência de drive óptico e a integração do botão liga e desliga ao teclado.

No lugar do leitor de mídias ópticas, o notebook da Apple terá duas portas Thunderbolt e duas USB 3.0, além de uma entrada para cartões de memória SD. Além disso, se os boatos se confirmarem, o MacBook Pro deixará de ter suporte para as tecnologias Ethernet e FireWire. Nada foi dito sobre a data de lançamento e o preço do novo gadget da Apple. A expectativa é que a novidade seja revelada entre os meses de junho e julho deste ano.

Comparação criada pelo site 9to5Mac entre a versão especulada (à esquerda) e a linha atual (à direita). (Fonte da imagem: Reprodução/9to5Mac)

Desempenho melhorado

Os rumores sobre a próxima geração do notebook da Maçã não terminam aí. O usuário AppleTree do fórum MacRumors encontrou um benchmark para um modelo em teoria ainda não lançado pela empresa.

O relatório de desempenho, publicado no site Geekbench, descreve um modelo denominado MacBookPro9,1 (a atual versão do portátil é chamada de MacBookPro8,X) com processador Intel Core i7-3820QM com quatro núcleos de 2,7 GHz – baseado na arquitetura Ivy Bridge.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Geekbench)

A pontuação atingida pela suposta máquina foi de 12.252 – um valor bem maior do que os 10.500 pontos registrados pela linha comercializada hoje em dia com a CPU Core i7-2860QM, segundo informado pelo site MacMagazine. O benchmark também revela a presença do Mac OS X 10.8 build 12A211 (codinome Mountain Lion), uma versão do sistema operacional da marca que ainda não foi anunciada oficialmente.

Fontes: 9to5Mac, MacRumors, Geekbench, MacMagazine

 

Cupons de desconto TecMundo: