Parece que, apesar de a Apple ter cortado uma das principais fontes de renda da Imagination Technologies, a empresa britânica não está em uma situação tão delicada quanto imaginava anteriormente. Em um relatório recente, a companhia revelou que mesmo com o fim da parceria com a Maçã os negócios andam bem e ainda dão um belo lucro.

A informação vem à tona pouco tempo depois de a dona do iPhone decidir que iria começar a produzir seus próprios chips gráficos, o que efetivamente tiraria a Imagination Technologies da jogada no futuro próximo. O resultado disso? Uma queda substancial no valor de mercado da empresa e a decisão de passar o negócio adiante para minimizar as perdas.

A companhia teve um lucro na casa dos US$ 10 milhões

No entanto, foi revelado que no relatório referente ao ano fiscal de 2016 – que acabou em abril deste ano – a companhia teria um lucro operacional na casa dos US$ 10 milhões (R$ 33 milhões). Com isso, a fabricante de chips gráficos reverteu um prejuízo de US$ 34,6 milhões (R$ 114,4 milhões) no ano fiscal de 2015 e reduziu consideravelmente sua dívida – que passou de US$ 52,8 milhões (R$ 174,5 milhões) para “apenas” US$ 36,7 milhões (R$ 121,3 milhões).

Claro que, mesmo com esse cenário bem mais favorável que o esperado, as coisas não andam exatamente bem para a Imagination Technologies, que segue nos estágios iniciais de seu processo de venda. Vale notar que, para conseguir esses números positivos, a companhia teve que dar uma boa enxugada em sua estrutura e anunciar a venda – ainda em maio – de duas de suas divisões secundárias. Ironicamente, o objetivo disso era concentrar as forças da marca no que realmente importava: a fabricação de chips PowerVR, feitos em exclusividade para a Apple desde 2014.

Cupons de desconto TecMundo: