A Apple já definiu onde serão seus novos escritórios em Londres. De acordo com um anúncio realizado na última quarta-feira (28 de setembro), a companhia vai mover seus domínios para um cenário bem curioso: uma usina termoelétrica desativada.

Pois é, nos próximos anos a Apple vai levar seus escritórios para a antiga Battersea Power Station — que fica próxima ao rio Thames, na capital inglesa. A usina foi construída em 1930 e desativada em 1983, sendo que está em reformas para abrigar escritórios de várias empresas.

De acordo com o comunicado, a Apple revelou que vai alugar seis andares de escritórios no prédio principal, prevendo levar 1.400 pessoas para trabalhar ali. Espera-se que o início das atividades em Battersea aconteça somente em 2021, pois atualmente o prédio está passando por reformas de modernização — necessárias para o atual cenário do mercado.

Se você está achando estranho tudo isso, há uma explicação. A usina de Battersea faz parte de um enorme projeto de renovação urbana chamado "Nine Elms". Quando tudo estiver concluído, estima-se que a vizinhança se torne uma das mais caras do mundo — e a valorização dos imóveis da região disparou desde que o início do projeto foi anunciado.

Será que a Apple vai combinar com este cenário?

Cupons de desconto TecMundo: