2015 foi um ano ótimo para a Apple. Tanto que a Maçã simplesmente foi responsável por 40% do lucro de todo o Vale do Silício em 2015. Em números, isso significa US$ 53,7 bilhões (R$ 190 bilhões) de um total de US$ 133 bilhões (R$ 472 bilhões). Se a Apple fosse um país, o lucro seria maior que o PIB do Paraguai, da Bolívia, da Costa Rica e de Honduras, por exemplo.

Mesmo que esses números possam mudar em 2016, já que as vendas do iPhone não estão impressionando e começam a afetar o lucro do semestre, é bem interessante notar que a Apple dominou 40% do lucro no Vale do Silício em 2015. O local é recheado com as maiores companhias de tecnologia do mundo, como a Alphabet, dona da Google.

Em receitas, diferente de lucro, a Apple pegou US$ 234 bilhões (R$ 831 bilhões) em vendas. Já a Alphabet ficou com uma receita de US$ 74 bilhões (R$ 262 bilhões), segundo o site SiliconValley. Veja a tabela abaixo que mostram os dados de várias companhias:

Ranking

Como você pode notar, uma companhia conseguiu entrar para o TOP 15 ano passado: a Netflix. Pulando do 19° lugar, a empresa marcou US$ 6 bilhões em receita com uma taxa de lucro de 2%. Falando nesta taxa, a Apple também possui a maior margem dentro do TOP 5, com 23% sobre produtos.

23% é uma taxa de lucro sobre produto muito alta? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: