Netflix

Ícone de Netflix
1.519 notícias  publicadas

História da Netflix

A gigante de streaming foi fundada em 1997 por Reed Hastings e Marc Randolph. Em um movimento arriscado para a época, os dois empreendedores resolveram criar um serviço de locação de discos de DVD — tecnologia recente até então — pela internet. 

No ano seguinte, o modelo de assinatura mensal foi estreado e consagrou a empresa no mercado. A ideia foi bem recebida pelo diferencial de que a taxa fixa todo mês excluía outras cobranças, como a multa por atraso na devolução do material, exigida pelas locadoras físicas. Além disso, o pagamento não seria mais por título, e sim por assinatura.

O streaming de vídeo como conhecemos hoje só começou em 2007. A partir daí, a Netflix só cresceu. Em 2010, iniciou sua internacionalização pelo Canadá e atualmente está disponível em mais de 190 países

Séries originais 

Depois da transição completa para o novo modelo, a companhia adotou uma estratégia inovadora: produzir conteúdo exclusivo. A primeira série no novo molde foi Lillyhammer, que contou com três temporadas. Em 2013, a Netflix lançou House Of Cards, um grande sucesso da plataforma, rendendo, inclusive, vários prêmios.

A empresa também é conhecida por resgatar títulos cancelados, o que aconteceu com séries como The Killing e Gilmore Girls.

Faturamento 

Em documento divulgado pela empresa em 2019, a gigante de streaming revelou que metade de sua receita total de US$ 14,5 bilhões vinha do seu país de origem, os Estados Unidos. Em seguida, vem a Europa e, na terceira colocação, a América Latina. 

Um grande desafio para a corporação agora é o crescimento da concorrência. A Disney e a Amazon, por exemplo, vêm conquistando espaço no mercado com suas próprias plataformas — Disney+ e Amazon Prime. 

Netflix no Brasil

A companhia está presente no país desde 2011. Quatro anos depois, já contava com um faturamento bilionário só por parte dos assinantes brasileiros.

Ver mais notícias

PUBLICIDADE