Antes de chegar ao consumidor final, a resistência de um gadget é colocada à prova de diversas maneiras: é possível, em laboratório, eletrocutar, apertar ou aquecer um celular até mensurar a resposta de um smartphone quando submetido a níveis de radiação.

Há ainda quem viva – aparentemente muito bem – às custas da publicação de vídeos “sádicos”, que mostram os aparelhos sendo torturados. E um dos ícones que representa essa categoria de youtubers é o TechRax. Desta vez, ele não decidiu derrubar um LG G4 ou iPhone 6 para testar o quão resistentes suas telas podem ser.

Em seu mais recente vídeo, o internauta destruiu nada menos que um Apple Watch Edition de 38 mm, o smartwatch de ouro 18 quilates da Maçã que custa a partir de US$ 10 mil (ou cerca de R$ 31 mil, se considerada a cotação atual da moeda estrangeira menos os impostos que se aplicam ao produto).

Mas não bastou o desembolso dos milhares de dólares para a destruição do gadget: TechRax buscou também um jeito excêntrico para tentar reduzir ao pó um dos aparelhos mais cobiçados do mundo da tecnologia. Ao usar dois blocos de imãs de neodímio, o youtuber conseguiu uma pressão de em torno de 295 Kg; o que ficou em meio aos tijolos do metal magnético foi, naturalmente, o Apple Watch Edition.

O peso resultante da colisão entre os dois tijolos de imã foi capaz de destruir a tela de safira do relógio. A pulseira, parte traseira e carcaça de ouro ficaram pouco danificados. “Acredito que seria possível consertá-lo”, diz o internauta. Acontece que, mesmo esmagado, o smartwatch ainda pôde ser carregado.

Cupons de desconto TecMundo: