Se alguém ainda precisava de provas de que a empreitada da Amazon no mundo dos celulares inteligentes não atingiu os resultados esperados, agora está tudo claro. Um dia antes da Apple revelar oficialmente o iPhone 6, a gigante das vendas online anunciou um corte drástico no preço de seu smartphone Fire de 32 GB, que foi de US$ 200 (cerca de R$ 455, sem taxas) para US$ 0,99 (aproximados R$ 2,26) com um contrato de dois anos a AT&T.

O modelo de 64 GB também entrou na onda, indo de US$ 299 (em torno de R$ 681) para US$ 99 (quase R$ 225). A Amazon nunca revela os números de vendas de nenhum hardware seu, mas o Guardian estimou que o aparelho vendeu apenas 35 mil unidades desde seu lançamento em julho. Ainda que a companhia tenha bastante dinheiro para queimar sem ter que se preocupar com riscos de falência, não há qualquer garantia que a redução no preço vá suavizar os danos do investimento feito no smartphone.

“Se a história serve como indicador, esse tipo de coisa normalmente não funciona”, diz Wayne Lam, analista sênior da IHS Technology. Segundo ele, para ter um bom exemplo basta lembrarmos do HTC First, um aparelho fabricado com grande integração com o Facebook Home e que teve seu preço cortado da mesma forma, mas nunca chegou a ganhar um espaço expressivo no mercado.

Expectativas frustradas

Não é muito difícil de entender os motivos por trás do fracasso de vendas do Fire Phone. Após meses de especulação sobre um dispositivo barato e poderoso que ofereceria planos de dados gratuitos – ou pelo menos mais baratos –, a Amazon lançou um celular que não somente era tão caro quanto um iPhone, mas também era exclusivo da operadora norte-americana AT&T.

A companhia tentou tornar o dispositivo mais atraente ao oferecer gratuitamente uma assinatura Prime no valor de US$ 99 (cerca de R$ 225), espaço ilimitado de armazenamento de fotos na nuvem e recursos como uma tela 3D e o Firefly, mas isso não bastou para convencer os consumidores. E você, estaria disposto assinar um plano de operadora por dois anos para adquirir um Fire Phone por R$ 2,26, caso ele chegasse ao Brasil? Deixe sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: