A Alcatel One Touch, marca de smartphones dirigida pela chinesa TCL Communication, anunciou na manhã desta quarta-feira (30) o lançamento de mais dois smartphones da companhia para o mercado brasileiro. Batizados como Pop C3 e Pop C5, os dispositivos apresentam configurações modestas e preços acessíveis, custando R$ 349 e R$ 499 respectivamente.

Marcos Daniel, responsável pela Alcatel One Touch do Brasil, destacou que os lançamentos fazem parte da estratégia da empresa para conquistar o público nacional e entrar na competição do mercado de smartphones – até poucos anos atrás, a companhia era conhecida sobretudo por feature phones, tendo se aproximado recentemente no cenário de telefones inteligentes. De acordo com o executivo, a ideia da linha Pop é trazer gadgets simples, com um design diferente e fáceis de usar.

Apesar do preço convidativo, é difícil não comentar sobre um ponto crítico nos dois aparelhos anunciados: ambos são equipados com o Android 4.2 Jelly Bean, uma edição já ultrapassada do sistema operacional da Google. Daniel afirma que os produtos devem receber atualizações para a versão 4.4 e possivelmente para a L, mas não soube informar quando tais updates devem chegar ao consumidor final.

Pop C3: fazendo selfies sem gastar dinheiro

Se consagrando como um dos aparelhos mais baratos da marca, a Alcatel comercializa o Pop C3 focando em sua câmera frontal – que, de acordo com a empresa, permite que os usuários entrem na moda dos selfies sem ter que gastar rios de dinheiro com telefones mais robustos. As especificações do produto são as seguintes:

  • Processador dual-core de 1,3 GHz (modelo não divulgado)
  • Display TFT de 4 polegadas e 480x800 pixels de resolução (WVGA)
  • 4 GB de armazenamento interno (expansível com cartão micro SD de até 32 GB)
  • 512 MB de memória RAM
  • Câmera traseira de 5 MP e frontal de 1 MP
  • Entrada para dois chips SIM
  • Sistema operacional Android 4.2 Jelly Bean

Com uma carcaça de plástico e disponível em duas cores (preto e branco), o C3 se mostra um celular confortável de manejar, mas seu design não apresenta grandes inovações em relação a outros dispositivos de sua categoria. Assim como a maioria dos smartphones de entrada disponíveis no mercado, ele não passa uma sensação muito grande de resistência – por outro lado, contudo, a leveza do produto agrada bastante.

Junto com seu irmão mais velho, o Pop C3 é fabricado em Manaus e já está disponível em algumas lojas varejistas do país, com o preço sugerido de R$ 349.

Pop C5 e a demanda por TV digital

Sendo idêntico ao C3, o Pop C5 tem o diferencial de contar com um receptor de TV digital integrado – ao que tudo indica, a demanda por esse tipo de tecnologia anda bastante alta entre os consumidores brasileiros. Contudo, diferente do Moto E e alguns modelos da linha L III, da LG, é necessário conectar um fone de ouvido para sintonizar qualquer emissora de televisão no C5.

Suas especificações são praticamente as mesmas, mudando apenas o tamanho da tela (4,5 polegadas). Seu design também não apresenta muitas novidades, com uma carcaça feita com o mesmo material encontrado no C3. Seu preço sugerido é de R$ 499. De acordo com Daniel, o C3 e o C5 serão complementados por dois outros lançamentos da mesma série em setembro deste mesmo ano: o C1 (que será ainda mais acessível) e o C7 (equipado com um processador de quatro núcleos, o que lhe proporciona maior desempenho).

Para divulgar seus novos produtos, a Alcatel One Touch desenvolveu uma forte campanha publicitária encomendada à agência X-Tudo Comunicação. A ação engloba artes de busdoor, banners para a web, spots para rádio e até mesmo um comercial em vídeo que já começou a ser veiculado em alguns canais abertos e fechados – todas as peças destacam o baixo custo dos gadgets e têm forte apelo para o público jovem.

Cupons de desconto TecMundo: