O tempo é um dos piores inimigos para um competidor. Afinal, são as frações de segundos que definem o oitavo lugar, o campeão e o recordista mundial. Nessas minúsculas janelas temporais que formam uma partida, atrasar um só movimento é como empurrar uma fileira de dominó que, lá no fim, culmina na derrota. E todos fazem isso. Mas o que separa os bons dos melhores é o quão rápido você é capaz de parar esse efeito catastrófico.

Dentro dos video games, essa ação é minuciosa e convertida em milhares de cliques, apertos no joystick e movimentos do mouse. Pode soar curioso para alguns dizer que pressionar um simples botão já é o suficiente para tirar a sua vitória, mas é o que acontece frequentemente nesse universo.

Partidas de Street Fighter foram decididas porque alguém fez a ação no milésimo de segundo errado. Aquele chute fraco do Ryu tinha a vulnerabilidade de um instante só, mas o oponente o puniu na hora certa.

No contexto atual, volto novamente para o Warcraft 3: Frozen Throne para resgatar a partida que até hoje é lembrada pelos fãs como a mais rápida já vista no game. Uma disputa em que um só erro foi capaz de criar um efeito dominó que manteve o competidor sempre atrasado em suas ações. Veja logo abaixo.

Os chineses Lu “Fly100%” Weilang e Wang "Infi" Xuwen disputavam a grande final da World Cyber Games (WCG) em 2009. O primeiro mapa da decisão, Echo Isles, é um dos menores do jogo. Infi, com a mobilidade dos humanos, apostou em um avanço rápido em um dos campos de monstros neutros mais fortes, pronto para ganhar muita experiência já no início da partida. Fly100%, com os orcs, viu isso e prontamente seguiu com seu herói para lá.

A chegada rápida do herói, combinada com sua invisibilidade, permitiu que ele roubasse a experiência de dois monstros neutros, aproveitando a confusão causada pelas unidades para matar trabalhadores e soldados humanos.

O saldo de perdas de Infi foi enorme em questão de 3 minutos. Seu dominó estava caindo desde o primeiro clique errado e continuava a desmoronar a cada movimento atrasado. Todo o investimento de tempo e de recursos foi aniquilado naquelas minúsculas janelas de microsegundos, e não sobrou nenhuma opção senão se render na ocasião.

Por sorte, Infi travou partidas excelentes na sequência e se consagrou campeão da WCG daquele ano. Mas aquela disputa, em especial, ficou registrada na mente de todos os competidores. Não pela partida extremamente rápida no gênero de estratégia, mas pela consequência desastrosa que um clique em falso pode causar no resultado de um confronto. O mundo do eSport é realmente impiedoso.

O Match Point é um espaço no TecMundo e no TecMundo Games dedicado a discutir o eSport e os games competitivos diariamente, trazendo estratégias, curiosidades, campeonatos e jogadas inesquecíveis dos mais diversos títulos.  

Publicações anteriores: