Como criar feeds RSS personalizados

Saiba como acompanhar sites e páginas que não possuem sistema de feeds.
  • Visualizações13.958 visualizações
Por André Luiz Pereira em 18 de Abril de 2012

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Nos dias de hoje, o uso de ferramentas que agregam conteúdo na internet é necessário para se manter atualizado nas notícias do mundo. Geralmente, sites disponibilizam feeds RSS, permitindo que os posts sejam agrupados em leitores como o Google Reader, ajudando a selecionar melhor o que você lê na rede.

O problema é que ainda existem endereços que não contam com essa ferramenta, o que os deixa de fora de um grupo de sites que cresce a cada minuto. Entretanto, você ainda quer acompanhar um desses sites sem feed de maneira rápida, em um ambiente onde a notícia é reunida a seu gosto. Vamos explicar como você pode fazer isso criando um feed personalizado.

Isso é possível através do site Feed43, que lhe entrega todas as ferramentas necessárias para a criação de novos feeds. O fato de o site necessitar de edição do código-fonte de algumas páginas pode assustar, mas você verá que é tudo muito simples.

Para mostrar como o Feed43 funciona, ensinaremos como criar um feed para os posts de um redator do Tecmundo.

1) Escolha o site para o feed

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

Após incluir o endereço da página que você quer criar o feed, você deve incluir no campo “Encoding” o código: iso-8859-16. Isso é um ponto importante, pois permitirá que a criação tenha caracteres como “ç” e acentos nas letras. Você então deve clicar em “Reload”. Isso mostrará uma janela com o código-fonte da página escolhida. Nesse momento, você deve ter muita calma, mas não se preocupe, está tudo sob controle.

2) Analise o código-fonte do site

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

Aqui, você deverá encontrar exatamente o que será mostrado no seu feed. Neste caso, títulos e links dos textos. É necessário que você entre na página que será transformada em feed e veja qual foi o último post publicado. Visto isso, encontre-o no código-fonte dentro do Feed43.

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

Agora é hora de você usar a "magia" do código HTML. No caso desta página, todos os posts estão dentro da seguinte tag de HTML: [ul id="list"] e [/ul]

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

Em algumas situações, os links podem ficar dentro de outras tags, como [div] e [/div]. Basta você analisar o campo onde ficam os posts e encontrar as tags que abrem e fecham o bloco. É importante lembrar que todas as tags usadas para fechamentos são escritas assim: [/nome da tag].

Encontradas as tags, é necessário verificar qual é o padrão de HTML dos posts. Neste caso, ele começa com [li] e termina com [/li]. É necessário então explicar para o Feed43 que é necessário procurar os links e títulos dentro desse bloco. Após terminar essa busca, ele realizará uma nova varredura no próximo bloco de posts, e assim até chegar na tag de fechamento. Com este exemplo, a tag será a [/ul].

É também necessário entender a seguinte regra: {%} = conteúdo que será resgatado para o feed; {*} = conteúdo que será ignorado por ele.

3) Edite o HTML para o feed

No campo “Global Search Pattern”, é necessário explicar onde a busca do feed começa e onde ela termina. Para isso, é necessário incluir a tag de início do bloco de posts, {%}, e a tag de fechamento. 

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

Feito isso, o Feed43 vai entender que só deve procurar links e títulos dentro desse bloco. No campo “Item (repeatable) Search Pattern”, serão incluídos os dados padronizados para resgate de informações de posts. Como isso funciona? Da seguinte maneira:

— HTML começa com a tag de início de posts (neste exemplo [li]) e o código {*};

— Buscar título;

— Buscar links;

— Tag de fechamento dos posts [/ul].

No caso do Tecmundo, o link do post vem antes do título dele, então capturamos primeiro o link, usando a tag [a href="{%}"]. Feito isso, é necessário buscar o título.

Usando {*} para eliminar tudo aquilo que não queremos no feed e {%} para o que precisamos, é possível substituir links e informações com esses comandos. Normalmente, você verá o post assim:

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem:Reprodução/Feed43)

Depois de realizar a substituição de tags, ele deve ficar assim :

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

 Agora é só clicar em “Extract”. Se tudo deu certo, você verá uma lista com as informações coletadas. Como o link foi capturado antes do título, ele aparecerá primeiro, classificado como {%1). Isso pode ser alterado na etapa seguinte.

4) Finalize o feed

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Feed43)

Nessa etapa você nomeará o feed e a sua descrição, assim como a ordem dos elementos dele, conforme comentamos no ponto anterior.

Logo abaixo, você pode visualizar como o seu feed ficou e já recebe o link dele. O link gerado neste passo a passo é este aqui. Veja como ele ficou no Google Reader.

Como criar feeds RSS personalizados (Fonte da imagem: Reprodução/Google)

Vale lembrar mais uma vez que este passo a passo não funciona para todos os sites, mas você pode tentar adaptá-lo como quiser.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!