A tecnologia traz inúmeras possibilidades para milhões de pessoas, corrigindo problemas que até então pareciam sem solução. Entre os aspectos mais inspiradores dos avanços tecnológicos, estão as melhorias provocadas na saúde.

Um dos exemplos mais recentes é o caso de Bonny, americana que sofre da doença de Stargardt (responsável pela perda progressiva da visão) e que pôde voltar a enxergar depois de oito anos graças ao Google Cardboard.

É claro que não estamos falando da visão 100% restaurada como antes, porém capaz de permitir que Bonny enxergue e leia para os seus netos pela primeira vez. Para tanto, um app gratuito chamado Near Sighted VR Augmented Aid foi instalado no aparelho. O aplicativo faz com que a filmagem da câmera frontal seja dividida em duas telas, cada imagem destinada a um dos olhos.

Devido ao efeito estereoscópico, é possível que Bonny enxergue novamente (mesmo que de modo mais limitado). Considerando que o Google Cardboard custa somente US$ 15 (R$ 60, na cotação de hoje), é um preço bastante baixo para o tamanho do impacto na vida de alguém. Veja o vídeo abaixo com a reação de Bonny logo após utilizar o Cardboard pela primeira vez: