Muitas pessoas têm pavor de voar de avião, e algumas situações realmente não ajudam muito a tentar convencê-las do contrário. É o caso das turbulências, que podem acontecer a qualquer momento e sem aviso prévio, como a que ocorreu durante o voo da Air New Zealand que saiu de Tóquio em direção a Auckland, na Nova Zelândia.

Logo após o jantar ser servido, a aeronave passou por um momento de instabilidade que causou terror aos passageiros. Alguns, inclusive, fizeram questão de registrar as consequências da turbulência dentro do avião e ter uma ideia da dimensão do susto: manchas de vinho no teto, bandejas jogadas e muita comida espalhada pelo chão, tudo por conta das violentas chacoalhadas.

"Não houve qualquer aviso – foi aterrorizante, na verdade. Achei que fosse o meu fim", um dos passageiros disse em um post no Reddit. "As pessoas estavam muito assustadas. A tripulação fez o possível para nos deixar mais confortáveis depois do que aconteceu, mas é uma situação horrível".

A turbulência aconteceu depois de 1 hora de um voo programado para durar 10 horas. A movimentação toda fez com que algumas pessoas chegassem a vomitar: "Você pode imaginar o cheiro que ficou no final das contas, já que havia 'coisas' até no teto do avião. A tripulação merecia uma medalha", concluiu o passageiro, identificado apenas como Falsabaina.

Ele ainda afirma que, mesmo que ninguém tivesse vomitado, seria difícil que a aeronave pudesse voltar a operar rapidamente, já que havia comida em absolutamente todo lugar. Outro usuário do Reddit também estava no mesmo voo e compartilhou outra foto:

"Eu estava no mesmo voo. O jantar tinha sido servido havia pouco tempo, e tudo corria bem, já que estávamos voando havia apenas 1 hora", explicou ollieislame. "Tivemos uma ou outra chacoalhada no início, mas do nada o avião simplesmente despencou e começou a tremer de forma absurda – e aí veio a segunda queda. Tudo foi para o ar, vinhos espirrando pelo teto, muita gente gritando e terror generalizado".

O segundo passageiro contou ainda que, logo após o ocorrido, um membro da tripulação explicou que a turbulência severa era decorrente do clima ruim que não havia sido previsto pelos pilotos, mas que a rota já estava sendo ajustada para contornar a área de instabilidade. A frase que finalizou o comunicado deveria servir para quebrar o gelo: "Não há nada de errado com o avião – ainda".

Nenhum passageiro sofreu qualquer tipo de lesão, mas, ainda assim, não há dúvida de que passar por uma situação de turbulência forte não é nada agradável.

E aí, já passou por alguma situação assustadora em um avião? Comente no Fórum do Mega Curioso

Via Mega Curioso.