Mão robótica no melhor estilo O Exterminador do Futuro está perto de se tornar real

A mão metálica suporta colisões e pancadas com tacos de basebol e martelos.
  • Visualizações9.635 visualizações
Por Beatriz Smaal em 26 de Janeiro de 2011

Mão robótica

Fonte da imagem: IEEE Spectrum

Uma mão robótica antropomórfica completamente funcional foi desenvolvida pelo Instituto de Robótica e Mecatrônica, que faz parte do Centro Aeroespacial Alemão (DLR). A mão do destino de Arnold Schwarzenegger em “O Exterminador do Futuro” é uma peça essencial para a construção dos robôs que tanto agradaram os fãs nas telas.

A mão alemã pode suportar colisões de alto impacto, como marteladas e pancadas com tacos de basebol metálicos, ou seja, tudo que um humanoide da Skynet precisa ter para voltar ao passado e salvar John Connor, levando-o à liderança da Resistência.

Destreza e força

A grande novidade em relação a outras mãos do gênero já criadas é que ela pode controlar sua rigidez. Os dedos são conectados por uma rede de 38 tendões, cada um conectado a um motor individualmente no antebraço, o que faz com que ele possa tencionar cada um dos tendões separadamente. Com isso, a mão é capaz de absorver choques violentos, mantendo-se intacta.

Os tendões são feitos de uma fibra sintética extremamente resistente chamada Dyneema, que traz mais elasticidade e, em conjunto com os motores e uma espécie de roldana, faz com que a mão funcione de maneira mais próxima à nossa.

Os responsáveis pelo projeto buscam não apenas um membro que não seja apenas parecido com a mão humana, mas que também possa realizar tarefas da mesma maneira que as nossas em destreza e força. Segundo os desenvolvedores, a capacidade da mão é tanta que o protótipo é capaz de estalar os dedos sem problemas.

Cerca de 13 pessoas trabalharam na mão super resistente, entretanto, ninguém consegue estimar o custo final do projeto. Apenas o hardware de uma das mãos, afirma o responsável Markus Grebenstein, custa algo estimado entre 70 a 100 mil euros. Ele espera que esta nova forma de construção faça com que a robótica tenha ainda mais avanços.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!