Como Usar o Nero Express

O Baixaki virou o Nero Express do avesso! Confira neste artigo a operação!
  • Visualizações84.904 visualizações
Por Oliver Hautsch em 13 de Maio de 2009

De simples gravador de CD, a marca Nero se tornou sinônimo de suíte de aplicativos para multimídia. Seu pacote de programas possui inúmeras ferramentas para quem deseja desde gravar CDs e DVDs, até para quem quer editar seus vídeos caseiros para depois publicar na internet, ou mesmo queimar uma mídia para assistir em um aparelho de DVD comum.

Dentre os programas integrantes do pacote Nero, está o Nero Express, um simples, mas poderoso utilitário de criação de discos, conversão de música, além de outras funções igualmente indispensáveis para programas do gênero. Neste artigo, viraremos o Nero Express do avesso, para que você nunca tenha qualquer dúvida ao utilizá-lo.

Acesso

Quando você instalar o pacote do Nero, não será criado nenhum atalho na Área de Trabalho ou Início Rápido, mas o programa poderá ser acessado através do grupo que será criado no Menu Iniciar. Se quiser, crie você mesmo um atalho na Área de Trabalho para facilitar o acesso quando você precisar.

Mais fácil? Impossível!

A interface do Nero Express é extremamente intuitiva e, como é a moda agora, segue a linha dos assistentes passo a passo. Além disso, tudo está em português e, portanto, você não terá dificuldades se não tem conhecimento em um idioma estrangeiro.

O que eu posso fazer?

Dados

Na tela inicial, você verá quatro comandos principais, cada um com suas subdivisões. O primeiro ícone pode ser acessado para que você grave discos com dados variados, sem um formato específico, como sua coleção de fotos, vídeos, documentos da escola ou faculdade, enfim, qualquer tipo de dado pode ser gravado tanto em CDs como em DVDs, bastando que você escolha a opção correspondente.

Música

CD de Áudio

Qualquer tipo de disco com música poderá ser gravado clicando-se no item “Música”. As músicas que estiverem no seu computador, no formato MP3 ou WMA, podem ser gravadas em um CD para que qualquer tocador comum seja capaz de reproduzir sua coletânea. Os arquivos que estiverem nos formatos citados serão convertidos para Audio de CD Comum e gravados em seguida na mídia. Ou seja, você não precisa ter instalado nenhum tipo de transcodificador (a menos que as músicas estejam em formatos diferentes dos mencionados), pois o Nero os converte para você.

Música

*Lembre-se: MP3 e WMA são formatos de arquivo compactados, muito menores do que aqueles gerados para gravação de um CD comum. Por isso, não se baseie no espaço em disco ocupado pelos originais, pois o tamanho aumentará em aproximadamente 10 vezes (por exemplo: um arquivo MP3 de 5 MB pode chegar a 50 MB no formato de CD comum). Para saber se todas as músicas vão caber em um só CD, prefira verificar o tempo de duração de cada música. Os CDs atuais são capazes de guardar até 80 minutos de áudio.

CD de Livro em Áudio

A segunda opção do item “Música” é “CD de Livro em Áudio”. Trata-se de um serviço disponibilizado pelo site Audible.com, que permite o download de livros inteiros em formato áudio. Clicando nesta opção, você poderá gravar um, ou vários, CDs com os arquivos previamente baixados do site. O Nero Express já detecta a necessidade de mais de um disco e faz a divisão do arquivo para você.

CD de Áudio Jukebox

Imagine toda a sua coleção de MP3 gravada em CDs para que você possa ouvir no seu carro, ou utilizando um tocador portátil. Clicando nessa opção, você poderá adicionar centenas de músicas ao CD, para que elas sejam gravadas exatamente como estão. Se você tiver um tocador de CD que suporte a leitura de arquivos MP3 ou WMA, será possível utilizar os CDs gravados com tais equipamentos.

DVD de Áudio Jukebox

Assim como alguns aparelhos mais modernos são capazes de ler as músicas em MP3 ou WMA de CDs, certos equipamentos já têm suporte à leitura de DVDs. Ou seja, são horas e horas de músicas em um só disco, pois a capacidade do DVD é aproximadamente 7 vezes maior do que a de um CD. Pense que, se você já consegue gravar centenas de músicas em um CD, no DVD é possível entulhar muito mais!

Vídeos/Imagens

CD de Vídeo

Já ouviu falar em VCD? Não? VCD é um formato especial de CD de Vídeo, que pode ser reproduzido em qualquer aparelho comum de DVD. Alguns usuários ficam confusos, pois pensam que só é possível reproduzir discos DVD em tocadores de DVD. Nada mais lógico, e nada mais errado. CDs comuns também podem SIM serem reproduzidos em tocadores comuns, desde que os arquivos gravados estejam em formatos reconhecidos pelo aparelho.

Vídeos e imagens

*Se você não sabe qual tipo de arquivo é reconhecido pelo seu aparelho reprodutor de DVD, nada melhor do que fazer um teste. Insira o CD no aparelho e, se ele for reconhecido, você verá opções na tela da televisão. Caso contrário, o CD será ejetado ou aparecerá uma mensagem de erro. Não se preocupe, pois o aparelho NÃO será danificado caso o disco não seja reconhecido.

O VCD pode ser gravado com imagens ou vídeos do seu computador. Durante a gravação, o Nero Express fará a conversão automática dos arquivos para o formato correto e depois os gravará na mídia. Por ser um formato alternativo, o VCD não possui a mesma qualidade que um DVD. Portanto, gravar CDs no formato VCD não vale mais a pena, já que as mídias de DVD estão extremamente baratas. O VCD era uma boa opção para a época em que os gravadores de DVD estavam muito caros, ou simplesmente ainda não existiam.

CD de Super Vídeo

Algum tempo depois da invenção do VCD, surgiu o SVCD, ou Super Vídeo CD, que nada mais é um VCD, com uma qualidade superior. Entretanto, com mais qualidade, também se ocupa mais espaço em disco. No Nero Express, as ações requeridas pelo usuário para gravação de um SVCD são exatamente iguais à do VCD. Igualmente, vale a observação feita em relação ao VCD: não vale a pena gravar discos com esse formato, já que mídias de DVD estão extremamente baratas.

*Se você pretende gravar VCDs ou SVCDs, pode ser necessária a instalação de programas codificadores adicionais, pois nem todos os tipos de vídeo são reconhecidos pelo conversor do Nero Express. Entretanto, a maioria dos formatos mais populares da atualidade já tem suporte nativo do programa.

Arquivos de DVD de Vídeo

Se você copiou algum DVD para o computador, com menus, extras e toda a estrutura do disco, utilize esta opção para gravá-lo corretamente em uma mídia de DVD, para que tocadores comuns de DVD sejam capazes de reconhecer as características do disco. Infelizmente, o Nero Express não é capaz de criar DVDs de vídeo para execução em tocadores comuns. O programa do pacote Nero que é responsável por essa tarefa é o Nero Vision. Se você utilizou a instalação típica da suíte Nero, o Nero Vision poderá ser encontrado no grupo de programas do Menu Iniciar.

Adicionando arquivos

Agora que já mostramos os três tipos básicos de tarefas que o Nero Express pode realizar, vamos mostrar o que fazer depois de escolher que tipo de trabalho de gravação você deseja fazer. Não explicamos um a um, pois o processo é quase idêntico para qualquer uma das opções mencionadas anteriormente.

Depois que você escolher a tarefa a ser realizada pelo programa, será exibida a tela de adição de arquivos ao projeto. Existem várias maneiras de inserir dados. Uma delas é simplesmente arrastando objetos para dentro da janela do Nero Express. Outra forma é clicar no botão “Adicionar” e localizar os arquivos desejados na estrutura de pastas do seu disco rígido. Se você estiver prestes a gravar um CD comum de áudio, é possível alterar a ordem das faixas, simplesmente arrastando-as para a posição desejada.

Adicionando arquivos ao projeto

Quando estiver satisfeito, clique no botão “Avançar”. Serão mostradas mais algumas informações, como nome da marca e modelo da gravadora, um nome para o disco, que você deverá digitar, título do CD (para CDs de áudio), artista do CD (também para discos de áudio comum), idioma e número de cópias que você deseja gravar. Se marcar a primeira caixa de seleção, você dará um comando para que o Nero Express faça uma comparação minuciosa dos dados gravados na mídia em relação aos originais, para detectar possíveis falhas.

A segunda caixa de seleção deve ser marcada se você não estiver gravando dados suficientes para encher o disco e desejar incluir mais em outro momento. A menos que você vá gravar pouquíssimos dados, é ideal desmarcar essa opção, para que a vida útil do disco seja prolongada.

Tudo pronto! Agora basta clicar no botão “Gravar”, para que o Nero Express comece a queimar sua mídia. Ao terminar, o programa perguntará se você deseja salvar o projeto ou começar outro, em branco. Isso significa que é possível salvar o modo como você gravou os dados no disco, o que é particularmente útil se você costuma fazer backups incrementais das suas músicas, por exemplo.

Tarefas adicionais (e muito legais!)

Caso você ainda não tenha percebido, ou já tenha percebido e esteja sedento para que falemos dele, existe um botão no meio do canto esquerdo da janela do Nero Express. Experimente clicar nele para ver o que acontece. Voi lá! Uma área com ainda mais opções será exibida. O link “Opções” serve para que você acesse configurações avançadas do programa — você utilizará muito bem o Nero Express sem jamais precisar entrar nas configurações avançadas.

Ripando CDs

Digamos que alguns CDs da sua coleção já estejam ficando velhinhos, com riscos começando a aparecer. Em pouco tempo eles poderão começar a “pular” quando executados, ou simplesmente não serem mais reconhecidos pelo tocador de CD. Para não perder suas músicas, e manter o CD na coleção, extraia as músicas dele e converta-as para um formato que ocupe pouco espaço. Para fazer isso, clique no botão “Salvar faixas de áudio”.

Ripando CDs

O programa abrirá uma janela com as músicas do disco e tentará buscar pelos dados de artista, álbum e nome das faixas, ano e estilo, automaticamente. Caso as informações não sejam encontradas, você poderá preenchê-las manualmente. Clique na guia “Saída”, para definir, respectivamente, a pasta onde as músicas convertidas deverão ser salvas, a maneira como os arquivos deverão ser nomeados, o tipo de lista de reprodução a ser criado (e se ela deverá ser criada), o formato das músicas convertidas (MP3, MP4 ou WAV) e a qualidade em kilobits por segundo.

*Se você possui um iPod, marque a caixa “Forçar compatibilidade com iPod” para ter a certeza de que o seu aparelho será capaz de ler as músicas convertidas pelo Nero Express.

*A qualidade padrão de um arquivo convertido é de 128kbps. Escolher menos que isso causará perda perceptível na qualidade do som, e mais do que isso só é recomendável para quem pretende fazer algum tipo de edição no arquivo convertido.

Quando tiver definido todas as configurações, clique em “Copiar” e aguarde. Em poucos minutos as suas músicas estarão salvas no PC e você poderá utilizar o próprio Nero Express para gravá-las em um CD ou DVD.

Tela de opções adicionaisCopiando dados

Alguns discos possuem faixas de áudio, bem como faixas de dados. Geralmente são CDs, que levam o nome de “mixed-mode”, ou “modo misto”, justamente por terem áudio e dados gravados em um mesmo disco. Se você quiser, pode copiar somente a faixa que contém os dados, sem copiar as músicas. Para isso, clique no link “Copiar faixa de dados”. Será exibida uma pequena janela, para que você escolha as faixas que deseja extrair. Depois de fazer sua escolha, clique no botão “Salvar faixa” e escolha o local onde o arquivo deve ser gravado.

Limpando discos regraváveis

Se você possui um CD ou DVD que suporta múltiplas gravações (os chamados “RWs”), pode clicar no link “Limpar disco”, para apagar todos os dados contidos em um RW. Na janela de opções, basta clicar em “Limpar” para iniciar o processo.

Gravando imagens

Você já deve ter ouvido falar nas imagens de CD ou DVD, no formato ISO ou NRG. O Nero Express é capaz de criar arquivos de imagem a partir dos dados que você adicionou, utilizando a janela de criação de projeto. Se for essa a sua intenção, marque a caixa “Usar gravador de imagem”, que fica na extremidade inferior esquerda da interface. Só não se esqueça de desmarcar quando for gravar qualquer disco.

Esmiuçando

Esperamos que este artigo tenha ajudado você a utilizar melhor o Nero Express e conhecer ferramentas que antes não sabia da existência. Assim como todos os programas pertencentes ao pacote Nero, o Nero Express é uma poderosa ferramenta de criação de discos, com uma interface mais simples do que a do Nero Burning Rom (que também está incluso no pacote).

Se você tiver mais dicas, ou quiser compartilhar sua experiência no Nero com a comunidade Baixaki, fique à vontade para utilizar o sistema de comentários. Solte o verbo!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!