Por mais que tenha uma poderosa ferramenta de streaming ao vivo, o YouTube acabou por perder uma boa dose de seu espaço nesse mercado; e o “culpado” é nada menos do que o Twitch, que se tornou o serviço mais utilizado para esse tipo de atividade (principalmente no ramo dos gamers). Mas a Google não pretende deixar a situação assim, é claro.

Ao menos é isso o que indicam fontes internas da empresa ao site The Daily Dot. Segundo elas, a gigante pretende relançar seu serviço de transmissão ao vivo, dessa vez focando-a no streaming de jogos e eSports. Como dito anteriormente, a ação é uma óbvia maneira de recuperar essa fatia do mercado, depois que a companhia falhou em adquirir o Twitch.

Para tal mudança, o YouTube já teria feito o recrutamento de um time de 50 engenheiros especialistas na área de transmissões. O anúncio, por sua vez, deve ser feito durante a E3 2015, que vai ocorrer entre 16 e 18 de junho.

Declaração de guerra

“Jogos e eSports em particular vão ser uma força motriz para o novo visual do YouTube Live”, começou uma das fontes. “Vão haver enormes oportunidades para streamers estabelecidos e organizações em breve e eu diria que os números recorde de visualizadores de eSports vão apenas crescer quando a Google começar a promover e fazer parcerias com esses eventos.”

A ideia, vale notar, também viria em boa hora para a Google. Afinal, o Twitch está investindo em outras áreas, como está ocorrendo com a transmissão de músicas, e a gigante de Mountain View definitivamente não vai querer perder mais espaço no mercado para o serviço.

Com isso, resta apenas a pergunta: quem você acha que vai vencer nessa guerra? Deixem suas opiniões e previsões nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: