Se você pensava que toda a polêmica envolvendo a brecha de segurança do Yahoo estava chegando ao fim, é melhor pensar novamente. Depois de um ataque que chamou a atenção do público não apenas por seu tamanho, como por também ter sido supostamente feita por “patrocínio do governo”, parece que a empresa resolveu tirar do ar a ferramenta de auto-encaminhamento de emails – uma das funções mais importantes para quem não quer se prender à sua conta no serviço e gerenciar tudo de um só lugar.

A ação em si já seria estranha por si mesma, dado o momento em que a ferramenta saiu do ar. Mas o que realmente fez o público ficar indignado (para dizer o mínimo) foi o motivo dado por eles para a ação: segundo eles, o auto-encaminhamento – que já tem mais de uma década em praticamente todos os serviços de email – é uma função em desenvolvimento. Assim, eles decidirão fazer algumas melhorias na opção, o que os obrigou a derrubá-la temporariamente.

Essa curiosa decisão, vale notar, veio na forma de um email oficial da própria Yahoo. Você pode conferir uma imagem da própria mensagem, bem como a mensagem traduzida, logo abaixo:

Acima, uma imagem do email enviado pela Yahoo

“O encaminhamento automático envia uma cópia de mensagens enviadas de uma conta para outra.

Esta ferramenta está sob desenvolvimento. Enquanto nós trabalhamos para melhorá-la, nós desabilitamos temporariamente a habilidade de ativar o Encaminhamento de Email para novos endereços de encaminhamento. Se você já ativou o Encaminhamento de Email no passado, seu email vai continuar a encaminhar para o endereço previamente configurado.”

Nem adianta ter grandes esperanças em simplesmente fechar sua conta de email para fugir dos problemas, aliás: aparentemente, até isso não está funcionando direito no serviço, e vários usuários tentado apagar suas contas encontram apenas uma mensagem de erro.

Tudo isso, por sua vez, leva à pergunta sobre o porquê de a empresa fazer algo assim. As apostas, até o momento, estão em uma tentativa deliberada da Yahoo de dificultar a saída de seus atuais usuários: como notado pelo Associated Press, ambos os problemas citados acima dificultam drasticamente a possibilidade de alguém abandonar sua conta – afinal, sem poder encaminhar todos os seus emails automaticamente, deixar o serviço é perder todas as suas conversas.

Só uma manutenção?

Vale notar, por fim, que pouco depois de toda a polêmica, o site TechCrunch recebeu uma declaração oficial do Yahoo. Este afirma que tudo não passa de uma “manutenção previamente planejada” e que logo devemos ver o auto-encaminhamento de volta à ativa. Confira o anúncio logo abaixo:

“Nós estamos trabalhando para trazer o auto-encaminhamento de volta e funcionando o mais cedo possível porque nós sabemos o quão útil isso pode ser para nossos usuários. A ferramenta foi temporariamente desabilitada como parte de uma manutenção previamente planejada para melhorar sua funcionalidade entre as várias contas de um usuário. Usuários podem esperar uma atualização sobre a funcionalidade de auto-encaminhamento em breve. Nesse meio-tempo, nós continuamos a suportar o gerenciamento de múltiplas contas.”

A ferramenta foi temporariamente desabilitada como parte de uma manutenção previamente planejada para melhorar sua funcionalidade entre as várias contas de um usuário

Por mais que seja possível, convenhamos que é um tanto difícil de acreditar em tudo isso dada a situação polêmica em que a empresa está atualmente envolvida. Assim, é esperar para ver se a ferramenta vai ser mesmo restaurada em breve – e o que há de tão promissor a ser adicionado na ferramenta para que o Yahoo tirar a função do ar.

Cupons de desconto TecMundo: