A Xiaomi, que tem a alcunha de "Apple chinesa", realizou mais uma venda relâmpago de smartphones em seu site e, como sempre, a oferta durou apenas alguns segundos.

Desta vez, os 60 mil Redmi 1S ofertados ontem (30 de setembro) na Índia evaporaram em 13,9 segundos. Da última vez, foram 40 mil fones em 4,2 segundos e, anteriormente, 15 mil Mi 3 em 2 segundos.

Essa foi a maior oferta relâmpago da companhia na Índia e parece que a demanda está muito menor que a procura. O próximo lote do Redmi 1S está previsto para ser vendido em 14 de outubro.

Um dos pontos fortes dos celulares da Xiaomi é o custo-benefício. O Redmi custa 6 mil rúpias indianas, o equivalente a R$ 242, mas tem uma configuração considerável, incluindo um processador Snapdragon 400 quad-core de 1,6 GHz, 1 GB de memória e tela de 720x1280 pixels.

Cupons de desconto TecMundo: