A Xiaomi revelou ao mundo o smartphone Xiaomi Mi4 na última terça-feira (22). Passada a apresentação, o site The Verge conversou com Hugo Barra, vice-presidente global da empresa, sobre alguns assuntos referentes à companhia - e muitos deles vindos de ideias erradas que algumas pessoas têm sobre a companhia. 

A primeira coisa mencionada por ele está relacionada à estratégia. Apesar de se chamar Xiaomi, a idiea é que ela se popularize como Mi em outros mercados (entre eles o Brasil, onde Barra nasceu e no qual a companhia pretende investir) e tenha uma melhor comunicação nessas regiões para que a marca se torne mais conhecida. 

Também foi mencionado pelo executivo que ele já está cansado de ouvir que a Xiaomi está copiando a Apple. Para Barra, quem diz isso está fazendo comentários sensacionalistas por ter nada melhor para falar. 

Modelos parecidos 

Ainda no que diz respeito à Apple, também foram mencionadas as semelhanças entre alguns aspectos do Mi4 e do iPhone, bem como do Mi Pad e do Retina iPad. Porém, para ele isso é mais uma questão de coincidência. 

“Se você tem dois designers com o mesmo grau de habilidade, é compreensível que eles cheguem às mesmas conclusões. Não importa se outro chegou à mesma conclusão. Não estamos tentando copiar os produtos da Apple. Fim da história”, sentenciou Barra. 

Por fim, ele também comentou sobre o estilo da apresentação do Mi4, e que eles não são os únicos a adotar o modelo popularizado por Steve Jobs. “O mundo todo tem feito isso”, concluiu o executivo, salientando que, hoje em dia, muitos focam em demonstrar o valor do design de seus produtos acima de outras coisas.

Cupons de desconto TecMundo: