Como prometido pela Xiaomi e esperado por muitos, o dia 22 de julho chegou trazendo a revelação do smartphone Xiaomi Mi4 – que, segundo a empresa, vem para ser o smartphone mais rápido do mercado.

De início, muitos podem concordar com as palavras da companhia. Afinal, o Mi4 vem com um hardware e tanto: o mais potente Snapdragon 801, com 2,5 GHz, combinado com nada menos que 3 GB RAM prometem, no mínimo, torná-lo bastante veloz. Comparando-o, porém, com aparelhos como os recém-revelados Galaxy S5 Prime e LG G3 Prime, que vêm com Snapdragon 805, parece que ele ainda deve ficar um pouquinho para trás na disputa.

Mas, como já falamos, o Mi4 ainda está longe de se jogar fora. Seu hardware inclui uma tela LCD de 5 polegadas com resolução 1080p, além de conexões 4G e WiFi de todos os tipos e câmeras Sony de 13 e 8 MP. Tudo isso suportado por um sistema Android 4.4.2 modificado com uma interface MIUI 6 e uma bateria de 3.080 mAh, para dar um dia de uso moderado para o smartphone.

Quanto ao design, é preciso admitir que o Mi4 se parece bastante com os atuais modelos do iPhone, trazendo um estilo com laterais poligonais arredondadas. Sua lateral é completamente feita em metal, enquanto a carcaça é feita completamente em plástico, com a possibilidade de ser trocada.

Especificações Técnicas

  • Tela: LCD IPS de 5 polegadas
  • Resolução de tela: Full HD (1920x1080 pixels) de 441 ppi
  • Sistema operacional: Android 4.4.2 (KitKat) modificada com o sistema MIUI 6
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 801 quad-core de 2,5 GHz
  • GPU: Adreno 330
  • Memória RAM: 3 GB LP-DDR3
  • Armazenamento interno: 16 ou 64 GB
  • Câmera traseira: 13 MP com sensor CMOS
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Conectividade: 4G TDD-LTE e LTE Cat4, Bluetooth 4.0, WiFi a/b/g/n/ac, NFC, GPS, A-GPS, Glonass
  • Bateria: 3.080 mAh Li-ion
  • Peso: 149 g
  • Dimensões: 6,85 cm de largura x 13,92 cm de altura x 0,89 cm de espessura

Para todos os gostos, pagando pouco

Como alguns já devem ter percebido pelo armazenamento interno disponível, o Mi4 terá duas versões diferentes. A primeira, de 16 GB, tem o preço de 1.999 yuan (aproximadamente 720 reais, em uma conversão simples e sem adição de impostos), enquanto a outra, com 64 GB, custa 2.499 yuan (R$ 900).

O valor pelo qual foi anunciado, aliás, é um de seus principais destaques. Isso porque seu preço o coloca na mesma faixa do OnePlus One, mas com a vantagem de vir de uma empresa com mais experiência de mercado. Assim, temos uma maior confiança de que o aparelho trará menos problemas e ainda terá uma boa relação custo-benefício.

Quanto às cores disponíveis, temos apenas duas de início, sendo elas preto e branco. Você poderá, no entanto, trocar a capa traseira por outras coloridas, texturizadas e até mesmo de outros materiais, como couro ou madeira. Confira a imagem abaixo para ter uma ideia dos exemplos já revelados:

Só na China, por enquanto

Como muitos já imaginavam, o Xiaomi Mi4 chega primeiro na China pela China Unicom a partir do dia 29 de julho, seguido das companhias China Telecom e China Mobile 4G em agosto e setembro, respectivamente. Embora um lançamento do aparelho para o resto do mundo seja obviamente esperado, nenhuma data para isso foi dada.

Cupons de desconto TecMundo: