Junto ao anúncio do Redmi Pro, realizado nesta quarta-feira (27), a Xiaomi apresentou ao mundo seu primeiro dispositivo acompanhado pelo sistema operacional Windows. Com um visual que lembra bastante a linha MacBook Air, da Apple, o Mi Notebook Air chega às lojas em dois modelos com tamanhos de tela e especificações distintas.

A versão básica, com display de 12,5 polegadas, tem o processador Intel Core M3, GPU integrada e um SSD com 128 GB de espaço. A grande vantagem do dispositivo é sua bateria, que, segundo a Xiaomi, oferece até 11 horas e meia de uso contínuo a partir de uma única carga.

Já o modelo de 13,3 polegadas traz o processador Intel Core i5, SSD de 256 GB e a placa de vídeo GeForce 940MX. A promessa da fabricante é que, embora o dispositivo não se iguale a um desktop especializado em jogos, ele consiga reproduzir títulos como DotA 2 com uma boa taxa de quadros por segundo. Essa versão também se diferencia por trazer uma entrada USB Tipo C, ausente na outra versão — em compensação, sua bateria dura no máximo 9 horas e meia.

Segundo informações obtidas pelo CNET, a Xiaomi não é a responsável direta pela fabricação do Notebook, tarefa que ficou à cargo da Tian Mi. Com lançamento programado para o dia 2 de agosto na China, os laptops vão custar 3.499 yuan (R$ 1.714) e 4.999 yuan (R$ 2,456), sendo que o maior preço está ligado ao modelo com maior capacidade de hardware.

Cupons de desconto TecMundo: