A Xiaomi anunciou nesta quarta-feira (27), em Pequim, o lançamento do Redmi Pro. O dispositivo pode não ter o hardware mais potente do mercado, mas traz alguns diferenciais que devem ajudá-lo a ganhar espaço, como uma tela AMOLED com resolução Full HD e uma câmera fotográfica traseira com um sistema duplo de lentes.

O dispositivo chega às lojas equipado com um sensor de 13 megapixels Sony IMX258 como protagonista e com um sensor de 5 megapixels da Samsung voltado a calcular a profundidade das imagens capturadas. Para demonstrar a capacidade fotográfica do gadget, a fabricante publicou uma galeria de fotos que mostra como ele se comporta em diferentes ambientes e condições de iluminação.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0 com MIUI
  • Tela: AMOLED 5,5 polegadas
  • Resolução: 1920x1080 pixels
  • Chipset: Helio X20 de 2,1 GHz/X25 de 2,3 GHz
  • Memória RAM: 3 ou 4 GB
  • Armazenamento interno: 32/64/128 GB
  • Câmera principal: sistema duplo com sensores de 13 MP e 5 MP
  • Sensores: leitor de impressões digitais, sensor infravermelho
  • Conectividade: USB tipo C
  • Bateria: 4.050 mAh
  • Espessura: 8,15 mm

O Redmi Pro chega ao mercado chinês em três versões, sendo que o modelo básico apresenta o chipset Helio X20 de 2,1 GHz, 3 GB de memória RAM e 32 GB de espaço interno de armazenamento. A versão intermediária tem o chipset Helio X25 de 2,3 GHz, 3 GB de RAM e 64 GB de espaço, enquanto o modelo mais completo aposta em 4 GB de RAM e 128 GB para o armazenamento de arquivos.

A variação mais básica custa aproximadamente US$ 225 (R$ 737), e o modelo mais completo sai por US$ 299 (R$ 980). A Xiaomi pretende lançar o novo smartphone no dia 6 de agosto no mercado chinês e ainda não forneceu previsão de quando poderemos vê-lo em outros locais.

Cupons de desconto TecMundo: