A Xiaomi já é uma empresa conhecida aqui no Brasil e lá na China, mas está se esforçando para ganhar mais espaço no mercado de smartphones intermediários. Como mais um passo nesse sentido, a empresa lançou o Redmi Note 4X, uma espécie de “versão global” do Redmi Note 4 com apenas algumas mudanças em comparação com celular chinês.

Ao que parece, os principais pontos fortes dele foram mantidos e algumas de suas fraquezas foram corrigidas – como você pode conferir na nossa análise completa do produto (clique aqui). Caso você esteja interessado pelo aparelho, mas não tenha certeza se ele tem tudo o que desejaria e quer um resumo rápido dos altos e baixos do dispositivo, confira a seguir a nossa lista com 5 prós e contras do Redmi Note 4X.

Pró 1: ótimo desempenho e bateria

Mesmo com a troca do processador MediaTek Helio X20 pelo Qualcomm Snapdragon 625, o Redmi Note 4X conseguiu mantem um desempenho excelente tanto para o uso comum quanto para jogos pesados. Isso também afetou para melhor a duração da bateria de 4.100 mAh, que aguenta com folga um dia inteiro longe da tomada e conseguiu rodar mais de 11 horas contínuas de vídeo, chegando perto do resultado do Zenfone 3 Zoom.

Pró 2: visual agradável

Com o vidro com bordas ligeiramente curvas na frente e a carcaça de metal, é inegável que o Redmi Note 4X é um aparelho bonito. E se você acha que o cinza faz ele ficar muito parecido com modelos de outras empresas, então saiba que o celular também está disponível nas cores preto, dourado, rosa e verde azulado. Ou seria azul esverdeado? Seja como for, você vai poder escolher o que te agradar mais.

Pró 3: construção com qualidade

A carcaça de metal do smartphone é muito rígida e passa uma sensação de resistência assim que pegamos nele. As bordas são ligeiramente arredondadas tanto na traseira quanto no vidro, o que faz com que a pegada fique bem confortável, mas vale ressaltar que o aparelho é liso e não tem a proteção Gorilla Glass, então é bom tomar cuidado para evitar quedas.

Pró 4: leitor de digitais

O sensor biométrico do Redmi Note 4X fica no meio da traseira do celular, em uma posição que é fácil de alcançar com o dedo indicador. O leitor não serve para nada além de verificar a sua identidade, como é o caso do sensor multitarefa do Moto G5 Plus e do Moto Z2 Play, por exemplo, mas o cadastro de digitais no aparelho da Xiaomi é bem simples e o reconhecimento é preciso e rápido, sem dor de cabeça.

Pró 5: preço excelente

Aqui é onde o Redmi Note 4X bate forte em boa parte da concorrência. Ainda que consideremos os 60% de imposto de importação, que talvez nem sejam cobrados, o celular pode ser encontrado em sites como a GearBest por cerca de R$ 936 em sua versão com 32 GB de memória. Mesmo se você quiser o modelo com 64 GB, isso sai por algo em torno de R$ 1.115 já com o imposto, o que é um valor excelente para o hardware oferecido.

Contra 1: câmera ruim

As fotos tiradas com o Redmi Note 4X deixam bastante a desejar em comparação com a concorrência. O foco não faz um trabalho muito bom na câmera traseira, não importa se a captura for feita em um dia claro ou no meio da noite. As selfies se dão um pouco melhor, mas o efeito embelezador passa uma sensação artificial, então é melhor desativar. A captura de vídeos é mediana tanto no modo normal quanto no timelapse, mas a qualidade cai bastante na função de câmera lenta.

Contra 2: dual-SIM enganador

A gaveta de chips do Redmi Note 4X vem com espaço para um cartão micro SIM e um nano SIM, mas você terá que sacrificar o segundo se quiser usar um cartão micro SD para expandir o armazenamento do celular. Ou seja, você vai ter que escolher se quer usar duas operadoras ou ter mais espaço na memória, algo que não é muito bem explicado pela fabricante e com certeza não agrada muito quem compra sem ter certeza.

Contra 3: sem fones de ouvido

As fabricantes chinesas não costumam inserir acessórios como fones de ouvido na caixa dos seus celulares. A Xiaomi seguiu a tradição e também não inclui um dentro da caixa do Redmi Note 4X. Mesmo assim, temos que mencionar esse ponto negativo, já que os concorrentes ocidentais geralmente vêm com fones.

Contra 4: problemas com o sistema operacional

Para conseguir importar o aparelho com rapidez, muitas lojas acabam trazendo uma versão modificada da MIUI chinesa, conhecida como Shop ROM. Além de vir com alguns bugs, essa variante do sistema pode ser incompatível com alguns aplicativos da Google e até impedir você de baixar o Netflix pela Play Store, por exemplo.

Para resolver isso, é preciso esperar para instalar a versão global oficial do software da Xiaomi quando ela estiver disponível ou baixar APKs, o que envolve riscos de segurança. Se você não se sentir seguro para fazer essas coisas, pode ter problemas com o aparelho. Já se estiver disposto a tentar, mas não souber exatamente como fazer a troca, clique aqui e siga nosso tutorial completo.

Contra 5: sem assistência técnica especializada

Já que a Xiaomi não está mais atuando oficialmente no Brasil e o aparelho só pode ser comprado via importação, você não vai poder contar com assistência técnica especializada se tiver algum problema com o celular. Lojas como a GearBest aceitam devoluções de aparelhos que vierem com defeito, então fique esperto para não perder o prazo se algo vier errado.

-----

E aí, o que você achou dos prós e contras do Redmi Note 4X? Fale para nós nos comentários e, se estiver interessado, confira os links a seguir para encontrar preços bacanas para o aparelho.

Opção de compra:

Melhores ofertas do Redmi Note 4x:

Cupons de desconto TecMundo: