(Fonte da imagem: Reprodução/WM Power User)

Recentemente, a Microsoft investiu US$ 15 milhões no serviço Foursquare. Pouco se sabia sobre a natureza de tal investimento, mas agora surgem novas informações que podem explicar muito bem qual o grande motivo disso tudo. Segundo o Bloomberg, há grandes chances de os dados do Foursquare serem integrados ao novo “assistente pessoal” do Windows Phone 8.1.

Esses dados garantiriam que o assistente pessoal — o nome do serviço ainda não foi confirmado, mas é bem possível que ele seja batizado como Cortana — tenha acesso rápido aos principais descontos, às sugestões e às dicas de locais a serem visitados, tudo baseado na localização geográfica de cada usuário. Para o Bloomberg, um executivo da Microsoft afirmou: “Estamos construído algumas experiências contextuais conscientes para equipar futuros produtos Windows Phone”.

Cortana, do game Halo, pode ser a inspiração para o serviço (Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

Se todos os rumores forem confirmados, a Microsoft quer fazer do Windows Phone 8.1 um sistema operacional muito mais contextual do que qualquer outro já visto. Por essa razão, é bem possível que dados referentes a alarmes, calendários, aplicativos de todas as naturezas, chamadas e outras interações sejam conectadas para que o sistema consiga fornecer sempre o máximo de facilidade aos consumidores.

Por que o Foursquare é importante?

O serviço é um dos maiores catálogos de localização de estabelecimentos já vistos. Funcionando de maneira colaborativa, ele permite que os usuários mostrem aos amigos em que local estão e também quais são as principais vantagens e desvantagens de cada lugar — tudo baseado em experiências dos próprios consumidores, não demandado que críticos especializados façam o trabalho, o que torna o processo mais natural.

Ter acesso a esses dados em integração com um assistente pessoal que trabalha por reconhecimento de voz pode ser muito útil para que os consumidores consigam ter acesso mais dinâmico às funcionalidades. Por exemplo: bastará perguntar ao smartphone se existe algum restaurante indiano nas proximidades para que ele retorne com os resultados rapidamente.