“João, desligue esse notebook e preste atenção na aula!”, disse o professor Mário enquanto João e seus amigos riam e apontavam para o computador durante a aula de Língua Portuguesa na faculdade. Ao perceber que o professor não brincava, um dos amigos de João decidiu tomar uma atitude drástica antes que ele pudesse fazer alguma coisa: apertou o botão desligar até que o notebook não exibisse mais nada na tela. De repente, João ficou pálido e disse ao amigo: “Se o meu computador começar a ter problemas, você vai ver!”.

Se você já passou por algo parecido, mesmo que não tenha sido um amigo seu que desligou seu computador, já deve ter se perguntado: “Desligar o computador antes do Windows faz mal?”. Existem testes que dizem que se você fizer isso mais de dez vezes, pode causar danos irreversíveis ao seu disco rígido, de modo que o seu Windows não iniciará da maneira correta. Assim, podem acontecer travamentos e até mesmo problemas mais graves.

Desligar o computador antes do Windows faz mal?

Entretanto, há outra linha de pesquisadores de defende a teoria de que este tipo de procedimento não causa danos físicos, e sim ao Windows, já que com essa medida o sistema não terá como finalizar os processos que está executando no momento em que você ordenou que o computador fosse desligado. Assim, vários arquivos são corrompidos e alguns programas podem parar de funcionar corretamente.

Será que o disco rígido é prejudicado?

Se você adotar a linha dos pesquisadores que acreditam em danos irreparáveis no hardware, é bom ficar atento para problemas que podem acontecer devido ao corte brusco de energia nos circuitos do seu computador.

O mais prejudicado nesta história será o seu HD, que poderá não rodar da maneira correta e até mesmo ser riscado de uma maneira quase irreversível. Assim, o computador fica com problemas bastante sérios.

Essa é uma questão que divide muitas opiniões pelo mundo afora. Sempre haverá quem diga que não vai acontecer nada, ou então aqueles que ficam abismados toda vez que veem alguém desligar o computador direto na energia.

O fato é que o sistema operacional precisa fechar algumas rotinas para que quando você ligue o computador novamente, encontre tudo como deixou no momento anterior.

Desligamentos abruptos podem fazer com que alguns arquivos do sistema operacional sejam corrompidos e não funcionem bem. O Windows, assim como outros sistemas operacionais, trabalha com arquivos importantíssimos tanto na sua iniciação quanto no encerramento.

Para que o sistema continue a funcionar bem, é melhor que você use o processo convencional de desligamento através do Menu Iniciar do seu computador. Entretanto, se isso acontecer apenas uma vez ou duas, não precisa se desesperar como fez o João do exemplo acima.

Tome cuidado ao desligar o seu computador!

O problema vem quando esse tipo de desligamento se torna frequente. As rotinas do Windows passam a ser cortadas ao meio, danificando arquivos. Imagine que o mesmo João estava fazendo um trabalho durante a aula em vez de assistir a vídeos no YouTube. Se o amigo dele desligasse o computador enquanto João estava salvando este trabalho, o Word talvez não tivesse tempo de fazer a cópia de segurança para que o arquivo pudesse ser retomado do último ponto de salvamento.

Agora, imagine que em vez de um trabalho, fosse uma configuração importante do seu sistema operacional. Se o Windows fosse desligado de repente, sem que houvesse tempo para salvar este registro, com certeza João enfrentaria alguns problemas para utilizar o computador.

Os discos rígidos antigos sofriam com o desligamento inadequado. Os novos também podem sofrer!

Agora, vamos tratar sobre o hardware. Enquanto o seu computador está ligado, existe energia circulando pelas placas e circuitos. Essa energia é filtrada pela fonte, componente vital para o seu computador. A fonte é a responsável por permitir apenas a entrada de uma quantidade específica de eletricidade na sua máquina.

Há algum tempo, interromper a alimentação de um computador acarretaria consequências bastante sérias. Entretanto, as fontes de hoje em dia já conseguem garantir alguma segurança quanto a isso.

Cuide bem do seu computador!

Mesmo assim, isso não significa que existe algum tipo de imunidade a esses problemas. Outra informação importantíssima: fonte não é o estabilizador. A fonte do seu computador fica dentro do gabinete. É dela que saem os fios amarelos, vermelhos e pretos para serem ligados aos dispositivos do seu computador. O estabilizador ou no break é um utilitário externo ao seu computador. É nele que você liga a tomada, para que aconteça uma estabilização da energia que é enviada ao computador.

Procure não interromper a alimentação do seu computador abruptamente!

Dependendo de onde você morar, a oscilação de energia pode fazer com que os componentes sejam danificados. Por isso, o uso do estabilizador se faz importante, já que ele possui peças dispostas de maneira que a energia que chega às suas placas e discos rígidos não se torne um problema.

Falando sobre discos rígidos, é importante lembrar do tempo em que o sistema operacional usado em boa parte dos computadores era o DOS.

Desligue o computador corretamente

Enquanto no Windows não é necessário fazer nenhum tipo de ação relacionada ao disco rígido para desligá-lo, no DOS o usuário precisava digitar a linha de comando “park” para que o HD fosse “estacionado” na posição correta. Caso isso não acontecesse, o disco poderia ser corrompido e todos os dados perdidos.

Muito bem, agora que você já conhece os riscos que corre se desligar o computador antes do Windows, fica a seu critério decidir qual é a melhor opção. Mas lembre-se: de qualquer maneira o sistema operacional será danificado. Pode ser que não tenha acontecido até agora, mas para que dar chance ao azar? Se existe a opção “Desligar”, é porque o Windows precisa de algum tempo para ser encerrado com segurança!

Fique ligado para mais “Mitos e Verdades” aqui no Baixaki!

Cupons de desconto TecMundo: