Inicialmente chamada de “Project Islandwood”, a ferramenta de Microsoft para desenvolvedores ganhou um novo nome: Windows Bridge. O utilitário tem por objetivo ajudar programadores a portar para o novo Windows 10 apps feitos para Android e iOS.

A falta de aplicativos sempre foi um dos maiores inconvenientes do Windows Phone, e a Microsoft não está poupando esforços para atrair mais programadores ao Windows 10. Atualmente em fase Beta, o Windows Bridge suporta apenas projetos para iOS feitos em Objective-C e várias APIs comuns, como a de localização e notificações, por exemplo.

Uma versão que converte projetos feitos para Android também está disponível, mas ela só pode ser acessada por meio de convites. Por sua vez, uma edição para apps clássicos do Windows só deve ser apresentada em meados de 2016.

Facilitando a vida de todos

O Windows Bridge não é um conversor genérico de apps, mas sim uma ferramenta que pode facilitar a vida dos desenvolvedores que já têm um projeto sólido para iOS ou Android e desejam diminuir os custos e dificuldades de fazer uma versão para Windows 10.

Pelo menos por enquanto, não há nenhuma informação que confirme que a ferramenta suportará projetos escritos em Swift, a nova linguagem que a Apple está promovendo. Caso você queira se aventurar no Windows Bridge, é possível acessar a ferramenta diretamente no GitHub.

Se você ainda não tem  o Windows 10 e deseja adquirir a nova versão do sistema operacional não perca tempo e clique aqui para comprá-lo diretamente no site da Microsoft.

Cupons de desconto TecMundo: