(Fonte da imagem: WikiLeaks)

O WikiLeaks iniciou nesta segunda-feira (27 de fevereiro) a publicação de cinco milhões de mensagens de emails da Strategic Forecasting Inc (Stratfor), empresa de segurança baseada no Texas. De acordo com o site, os negócios realizados pela empresa envolviam o uso de informações privilegiadas para conseguir lucros no mercado financeiro.

Entre os clientes da empresa estão o governo dos Estados Unidos, organizações militares e companhias privadas, como a Lockheed Martin, Northrop Grumman e Raytheon. Os dados revelam que a Stratfor possui espiões infiltrados em diversos governos e grupos de comunicação, incluindo “acordos secretos com dúzias de organizações de mídia e jornalistas, abrangendo desde a Reuters até o Kiev Post”.

Segundo as mensagens divulgadas, esses profissionais são pagos através de contas bancárias localizadas na Suíça e cartões de crédito pré-pagos. Os emails também revelam a criação de uma organização paralela, conhecida como StratCap, que usa as redes de informantes da empresa para lucrar nas bolsas de valores de todo o mundo.

(Fonte da imagem: Twitter)

O responsável pela obtenção dos dados foi o grupo Anonymous, que assumiu o ato através do perfil @AnonOps do Twitter. Segundo os hackers, o objetivo foi trazer mais transparência ao mundo e, assim, permitir que mais pessoas consigam entender seu verdadeiro funcionamento.

Cupons de desconto TecMundo: