GTA San Andreas: 7 curiosidades sobre o clássico da Rockstar

6 min de leitura
Imagem de: GTA San Andreas: 7 curiosidades sobre o clássico da Rockstar
Imagem: Rockstar

Lançado em 2004 pela Rockstar, GTA San Andreas não era apenas mais um jogo na renomada série Grand Theft Auto. Situado no fictício estado de San Andreas, inspirado na Califórnia e em outros locais do oeste norte-americano, o game mergulhou os jogadores em uma narrativa ambiciosa, focada na jornada de Carl Johnson (CJ) através do submundo do crime. Com uma trama intricada que abordava temas como gangues, corrupção e dilemas morais, San Andreas rapidamente se estabeleceu como um marco na história dos videogames.

A recepção do clássico não foi nada menos que estrondosa. Fãs e críticos aclamaram o jogo por sua narrativa envolvente, personagens bem desenvolvidos e um mundo aberto vibrante, repleto de atividades e missões para cumprir.

No entanto, essa aclamação não veio sem controvérsias: GTA San Andreas enfrentou intensos debates e críticas por sua representação gráfica de violência e temas adultos, levando a discussões acaloradas sobre a classificação etária e o impacto cultural dos videogames na sociedade.

Mais do que apenas um jogo, GTA San Andreas tornou-se um fenômeno cultural do entretenimento. Sua trilha sonora icônica, composta por uma variedade de gêneros musicais, desde o hip-hop até o rock clássico, capturou a essência da década de 1990 e a incorporou ao DNA do game. Sua influência foi tanta que se estendeu para além das TVs de tubo dos anos 2000, inspirando músicos, cineastas e diversos outros artistas no decorrer dos anos.

7 curiosidades sobre GTA San Andreas

E o ano de 2024 é para lá de especial, já que o clássico celebrará 20 anos de existência. Portanto, elencamos nesta lista sete curiosidades sobre GTA San Andreas — e tem umas bem intrigantes, hein? Confira a seguir!

1. GTA San Andreas teve classificação +18 temporária no lançamento

Não é segredo para ninguém que GTA San Andreas enfrentou uma série de controvérsias em seu lançamento, não é mesmo? Mas acredite: as coisas poderiam ser bem piores. Embora não fosse para estar na versão final do jogo, havia um mod in-game, chamado Hot Coffee, que permitia ver cenas de CJ se envolvendo em atividades sexuais com suas namoradas.

O mod Hot Coffee fez com que GTA San Andreas fosse +18 temporariamente.O mod Hot Coffee fez com que GTA San Andreas fosse +18 temporariamente.Fonte:  GTAall 

Não era para esse conteúdo ser jogável na versão final de San Andreas, mas era possível acessá-lo nas primeiras versões do jogo para o PS2. Com isso, o jogo recebeu uma classificação temporária de +18 da ESRB (órgão de classificação etária norte-americano) e a Rockstar foi forçada a reconfigurar o game e enviar novos lotes às lojas para evitar ainda mais polêmicas.

2. San Andreas foi o primeiro e único jogo da série a ter elementos de RPG

GTA San Andreas foi o primeiro e único jogo da série a implementar elementos de RPG, incluindo a necessidade do protagonista se alimentar para sobreviver. Além disso, o jogador também pode fazer o personagem ir à academia para ganhar força e colocar o “shape em dia” — o que acaba até afetando visualmente a aparência de CJ.

CJ botando o shape em GTA San Andreas.CJ botando o shape em GTA San Andreas.Fonte:  Eurogamer 

Esse recurso de gerenciamento, no entanto, não foi bem recebido por alguns fãs, fazendo a Rockstar abandonar a ideia nos jogos seguintes. Mas era bem legal puxar ferro com o CJ, né?

3. Múltiplos protagonistas

Originalmente, a Rockstar planejava incluir múltiplos protagonistas jogáveis em GTA San Andreas. No entanto, essa estratégia acabou não sendo usada por conta das limitações técnicas da época — afinal, estamos falando de um jogo de 2004.

GTA 5 foi o primeiro jogo da séria a ter múltiplos protagonistas.GTA 5 foi o primeiro jogo da séria a ter múltiplos protagonistas.Fonte:  Rockstar 

Em todo caso, o estúdio implementou esse recurso em GTA 5 quando o game chegou no fim da geração PS3 e Xbox 360, em 2013. O título chegou com três protagonistas jogáveis: Michael, Trevor e Franklin — apesar da demora na troca entre eles durante o gameplay, já que os consoles da época ainda não tinham tanto poder de processamento.

A funcionalidade só foi melhor explorada com o lançamento do remaster do quinto jogo para o PS5 e Xbox Series S e X, já que o console possui um SSD com poder de fogo que possibilita a troca rápida entre eles.

4. Curta-metragem de introdução

A edição especial de GTA San Andreas para o PS2 e a trilha sonora oficial vieram acompanhadas de um terceiro disco que continha um curta-metragem chamado “The Introduction”, com aproximadamente 20 minutos de duração.

O disco pode ser encontrado no eBay por US$ 5 (cerca de R$ 24,60 na cotação atual sem impostos) e é um item bem interessante de se ter na coleção — embora o conteúdo do vídeo esteja disponível gratuitamente no YouTube hoje em dia. Caso queira vê-lo, confira abaixo:

O curta em questão usa a engine do jogo para contar algumas histórias que ocorrem antes dos eventos principais da campanha de GTA San Andreas, incluindo uma pequena introdução do que acontece nos capítulos de San Fierro e Las Venturas.

5. Ponte de San Fierro tem algumas informações peculiares

E por falar em San Fierro, você sabia que se CJ subir até o topo mais alto da ponte Gant ele encontrará uma placa escrita "não há easter eggs aqui, vá embora"?

Easter eggs da ponte Gant em GTA San Andreas.Easter eggs da ponte Gant em GTA San Andreas.Fonte:  Rockstar 

Bom, a Rockstar pode ter brincado com essa situação, mas em outro lugar perto da ponte você também encontrará uma placa que contém algumas informações interessantes sobre a ponte. E empresa listou o tamanho do arquivo, a contagem de polígonos do modelo e até a metragem do draw distance — distância com que os objetos são renderizados na tela.

6. Personagens da franquia perdidos em San Andreas

Além de CJ, Big Smoke e tantos outros nomes icônicos do game, a Rockstar também deu um jeitinho de encaixar vários outros personagens da franquia no roteiro de GTA San Andreas — e um deles, inclusive, aparece em duas missões. Confira abaixo alguns deles:

  • Claude — É possível ver o protagonista de GTA 3 em duas missões de San Andreas: "Wu Zi Mu" e "Farewell, My Love";
  • Tommy Vercetti — O protagonista de GTA Vice City aparece em duas ocasiões: através de uma action figure na loja Zero RC e é mencionado por Ken Rosenberg na missão "The Meat Business";
  • Lance Vance — O personagem de GTA Vice City também aparece como uma action figure ao lado da de Tommy Vercetti na loja Zero RC;
  • Video Poker — O arcade Video Poker, que pode ser jogado no Four Dragons Casino, tem diversas referências a personagens da franquia, como Sonny Forelli, Lance Vance, Misty, 8-Ball e diversos outros.

Claude, protagonista de GTA 3, em missão de GTA San Andreas.Claude, protagonista de GTA 3, em missão de GTA San Andreas.Fonte:  Rockstar 

7. Estima-se que GTA San Andreas custou US$ 10 milhões para ser feito e quase teve 50 Cent como protagonista

Para encerrar esta lista de curiosidades de GTA San Andreas com chave de ouro, você sabe quanto o clássico custou para ser produzido pela Rockstar?

Bom, é bastante difícil de estimar os valores exatos para a produção de um jogo. No entanto, especula-se que GTA San Andreas possa ter custado cerca de US$ 10 milhões para ser produzido pela Rockstar. Essa estimativa é baseada na declaração de Paul Eibeler, presidente da Take-Two entre 2005 e 2007, ao afirmar que um jogo da franquia GTA custe aproximadamente esse valor para ser feito — isso sem mencionar outros custos, como marketing e distribuição.

Além disso, outros fortes rumores afirmavam que o papel de CJ foi oferecido ao rapper norte-americano 50 Cent. No entanto, o astro recusou o trabalho pois estava envolvido com seu próprio jogo, 50 Cent: Bulletproof — outro clássico de PS2.

Capa do jogo 50 Cent: Bulletproof, estralado por 50 Cent.Capa do jogo 50 Cent: Bulletproof, estralado por 50 Cent.Fonte:  IMDB 

Curtiu a lista com curiosidades de GTA San Andreas? Comente nas redes sociais do Voxel qual a sua preferida — e quem sabe não podemos providenciar uma segunda parte, não é mesmo?

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.