PlayStation deletará conteúdo já comprado por usuários; entenda

2 min de leitura
Imagem de: PlayStation deletará conteúdo já comprado por usuários; entenda
Imagem: GettyImages

A Sony confirmou que alguns conteúdos anteriormente comprados por usuários via PlayStation Store serão deletados em breve. A medida envolve uma grande quantidade de séries, reality shows e programas de TV de vários formatos vendidos pela plataforma.

A partir do dia 31 de dezembro de 2023, não será mais possível abrir cerca de 1,3 mil temporadas inteiras de conteúdos que eram vendidos pela loja digital em uma série de regiões. Mesmo quem comprou as séries no passado não poderá mais acessar os vídeos por qualquer mecanismo, já que serão retirados da biblioteca em definitivo.

Mythbusters é um dos programas que sairá do catálogo da PS Store.Mythbusters é um dos programas que sairá do catálogo da PS Store.Fonte:  Discovery 

Os programas afetados são todos da Discovery e incluem conteúdos famosos de vários formatos, como MythBusters, Cake Boss, American Chopper e Deadliest Catch (conhecido no Brasil como Pesca Mortal). A lista completa de programas que vai sair do ar pode ser conferida neste link, no comunicado oficial da Sony.

Por que a Sony vai tirar os conteúdos do PlayStation?

Segundo o comunicado oficial, o problema está no licenciamento de conteúdo. A Sony não é dona dos direitos de transmissão desses programas e, ao que tudo indica, o contrato firmado inicialmente com a Discovery expirou e não haverá renovação nas licenças.

"Por causa de acordos de licenciamento com provedores de conteúdo, você não será mais capaz de assistir conteúdos anteriormente comprados da Discovery e o conteúdo será removido da biblioteca", diz o aviso no site da PlayStation Store.

Desde maio de 2021, Warner Bros. e Discovery realizaram uma fusão para juntar os dois conglomerados. Atualmente, o grupo é chamado de Warner Bros. Discovery e concentra todos os conteúdos da marca no Max — atual nome da HBO Max, marca que por enquanto ainda é utilizada no Brasil.

Como o acordo não está mais em vigor, a partir do ano que vem só deve ser possível conferir os programas a partir da própria plataforma da Warner Bros. Discovery ou via possíveis licenciamentos futuros.

O conglomerado foi confirmado com a fusão das empresas em 2021.O conglomerado foi confirmado com a fusão das empresas em 2021.Fonte:  Warner Bros 

Essa já é a segunda vez que algo do tipo acontece com a loja da Sony: em 2022, foi a vez de conteúdos do StudioCanal saírem do acervo mesmo para usuários pagantes, totalizando 314 episódios ou longas-metragens na Alemanha.

A Sony não comercializa programas de TV e filmes pela PlayStation Store desde o segundo semestre de 2021, mas na época garantiu que os conteúdos continuariam suportados via PlayStation 4, PlayStation 5 e dispositivos móveis.

E você, foi afetado com a mudança? Nos conte nas redes sociais do Voxel!

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.