O que faria GTA 6 ser perfeito?

4 min de leitura
Imagem de: O que faria GTA 6 ser perfeito?
Imagem: Midjourney/Reprodução
Avatar do autor

Equipe TecMundo

Poucas coisas são tão garantidas na vida quanto o fato de que o sol nascerá amanhã, que as coisas ficarão cada vez mais caras e que teremos um novo rumor sobre GTA 6 ainda nesta semana. Com quase 10 anos passados do lançamento do último game numerado da franquia Grand Theft Auto, o público tem sido alimentado sobre novidades basicamente a partir de rumores.

E em uma década já foram dezenas (centenas, talvez?) de rumores. Já ouvimos que o próximo jogo da Rockstar pode se passar em Cuba, que ele terá uma espécie de criptomoeda, que ele terá uma protagonista feminina e mais.

Só que na realidade, temos pouquíssimas confirmações, sendo que a maioria delas veio de um vazamento ilegal. Além disso, a Rockstar já deu alguns detalhes sobre o projeto e chegou a sugerir que o tão aguardado GTA 6 pode chegar até 2024.

GTA 6O Voxel pediu para que o Midjourney (ferramenta de IA) imaginasse como seria um GTA 6

Na mais recente fala oficial envolvendo o jogo, o CEO da Take-Two, que é dona da Rockstar, levantou a moral do game. Segundo o chefão, GTA 6 busca "nada menos que a perfeição", abrindo portas para a imaginação dos fãs.

Já que estamos mesmo neste terreno de rumores e palpites, o Voxel resolveu propor um desafio e lançar uma pergunta: o que faria GTA 6 ser perfeito? Para esta missão, convocamos redatores e editores do Voxel que tem muita vivência com GTA para opinar sobre como o próximo game da série de ladrões de bancos poderia ser inesquecível.

Confira, abaixo, quais os pontos identificados por cada representante e confira se você concorda ou não com cada visão!

O retorno de CJ e ferramentas criativas

O editor do Voxel, Mateus Mognon, disse que quer muito pelo menos duas coisas: referências ou a presença de personagens clássicos (especialmente o CJ, de GTA San Andreas) e qualquer coisa relacionada ao Brasil minimamente desenvolvida.

“Qualquer migalha envolvendo o Brasil já me deixaria feliz”, aponta sobre possíveis correlações com a nossa pátria amada. Mognon vai além e ainda pede:

  • Otimização: ele conta que parou de jogar GTA 5 por causa da demora dos loadings (que eram bastante chatos mesmo). Essa definitivamente será uma questão resolvida, já que com o poder dos SSDs da atual geração os tempos de carregamento estão cada vez menores;
  • Ferramentas de criação nativas: “Considerando o sucesso do modo RP de GTA OnlineGTA 6 simplesmente voaria se fosse facilmente modificável, e de maneira oficial”.

Muitos easter eggs e referências

O editor do canal do Voxel no YouTube, Derek Keller, é um fã de longa data de Grand Theft Auto. Logo de cara, ele concorda com Mognon e diz que GTA 6 deveria ter referências a outros personagens da saga. “Onde está o CJ? O que aconteceu com o Tommy Vercetti?”, questiona.

O responsável pelo Voxel no YouTube ainda defende outros aspectos como:

  • Easter Eggs: “construir um mundo de referências sem sentido pra que os fãs fiquem loucos caçando teorias e deixando o jogo mais vivo ainda (como as lendas do GTA SA)”;
  • Zoeiras: paródias de acontecimentos reais, mas dentro do jogo;
  • Mais locais: apresentar uma nova cidade mesmo que só por nome;
  • Parcerias com outros games: relações e referências a Red Dead Redemption, por exemplo.

MidjourneyImagem criada no Midjourney imagina o retorno de CJ em GTA 6.

Melhorias de gameplay e convidados

Carlos Palmeira, redator do Voxel/TecMundo, afirma que para seu gosto, GTA 6 precisaria ter mais elementos de RPG. Ele considera que níveis para os personagens seriam interessantes para melhorar qualidades físicas, habilidades com armas de fogo ou armas brancas, capacidade melhor de resolução de puzzles e mais.

Palmeira cita ainda outras questões que poderiam deixar o próximo jogo da Rockstar “quase perfeito”:

  • Melhor combate físico: elementos de luta corporal parecidos com o que vemos na série Batman: Arkham seriam muito interessantes. “Acho que um GTA com a porradaria de Batman me faria simplesmente dispensar o uso das armas do jogo".
  • Cenários mais diversos: além de ambientes mais urbanos, ele acha que seria interessante apostar em desertos, pântanos e outros biomas com uma vida selvagem mais presentes, um pouco inspirado por Red Dead Redemption;
  • Participação de famosos: Grand Theft Auto é popular pelo bom humor e sátira da sociedade contemporânea. Por causa disso, o redator Carlos Palmeira argumenta que a participação de atores e personalidades famosas seria bastante engraçado para fazer piada com a realidade. “Já imaginou uma participação do Neymar como um ator famoso dentro do universo do jogo? Seria engraçado”.

Mundo mais interativo e músicas

Luciana Anselmo, redatora do Voxel, traz uma sugestão bem interessante, que seria trazer os minigames de tráfico de drogas de GTA: Chinatown Wars para GTA 6. Além disso, ela sugere:

  • Canções: “Eu queria músicas originais engraçadas iguais às de GTA 3, que faziam paródias com os gêneros mais famosos da época”;
  • Mundo mais interativo: Luciana afirma que gostaria de ter uma sensação maior de “mundo vivo”, mesmo que isso significasse um mapa menor. “No GTA 5, eu sempre fiquei com o sentimento de que estava tudo muito morto, apesar de ser muito impressionante na época. Então queria mais lojas ou estabelecimentos que dê para entrar, mais vendedores na rua, mais atividades do que fazer fora missões e atropelar pessoas”, finaliza.

E para você, o que faria GTA 6 ser o jogo perfeito? Comente nas redes sociais do Voxel!

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.