Phil Spencer confirma que Call of Duty não será exclusivo do Xbox

1 min de leitura
Imagem de: Phil Spencer confirma que Call of Duty não será exclusivo do Xbox
Imagem: Xbox

Fãs de Call of Duty e do PlayStation, temos uma boa notícia para vocês: Phil Spencer acaba de confirmar que a famosa franquia de guerra continuará chegando aos consoles da Sony.

Depois do anúncio da aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, uma das grandes incógnitas que permanece é em relação a quais títulos da produtora passam a ser exclusivos do Xbox. E aquela que talvez seria a maior preocupação era em relação ao destino de CoD a partir de junho de 2023, quando o processo de compra da desenvolvedora deve ser finalizado.

Em seu perfil no Twitter, porém, o chefão do Xbox tranquilizou os fãs — e a própria Sony, que havia dito esperar "que a Microsoft respeite acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision continuem multiplataforma".



Na rede social, Spencer disse ter feito algumas ligações para líderes da concorrente. "Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation", disse o executivo. Ele afirmou ainda que a Sony é "uma importante parte da indústria" e que valoriza seu relacionamento com a rival.

Pelo visto, independentemente de a Activision Blizzard tornar-se parte da Microsoft Gaming, com algumas de suas franquias e novos jogos sendo exclusivos do Xbox, ao menos em relação a CoD as coisas permanecerão inalteradas. Podem respirar aliviados!