SoulCalibur VI é mais um jogo a remover o Denuvo

1 min de leitura
Imagem de: SoulCalibur VI é mais um jogo a remover o Denuvo
Imagem: Bandai Namco

A Bandai Namco anunciou que vai remover o sistema de DRM da Denuvo do jogo SoulCalibur VI. Depois de Tekken 7, esse é o segundo jogo de luta da produtora a se livrar do controverso programa anti-pirataria.

SoulCalibur VI se une a uma lista crescente de jogos que abrem mão do Denuvo depois do lançamento. Recentemente, a Square Enix também tirou o DRM de vários de seus jogos, incluindo Nier: Replicant e Shadow of the Tomb Raider. E esses são somente mais alguns exemplos entre vários que tiram o Denuvo depois do lançamento.

Mas isso não quer dizer, necessariamente, que seja um boicote ao DRM depois dos muitos problemas que ele causou aos jogadores. Na verdade, especula-se que o Denuvo tem alguma incompatibilidade com a nova geração Alder Lake de processadores da Intel, e que as produtoras estão mais preocupadas em garantir deixar seus jogos otimizados para esses novos itens de hardware.

Não é incomum a remoção do Denuvo depois que um game foi lançado há algum tempo. SoulCalibur VI saiu em 2018, então não chega a ser surpresa a Bandai Namco tirar a proteção do game agora. Apesar das muitas reclamações dos jogadores do PC, não parece que as produtoras estejam diminuindo o uso do DRM em seus jogos, pelo menos para o lançamento. Até hoje, um dos poucos exemplos de jogo que tivemos desistindo do Denuvo antes de lançar foi o Humankind.