Quinta temporada de Warzone faz teaser de Call of Duty: Vanguard

1 min de leitura
Imagem de: Quinta temporada de Warzone faz teaser de Call of Duty: Vanguard

Nesta terça-feira (3), o perfil oficial do Call of Duty no Twitter lançou uma imagem promocional da quinta temporada do Warzone, que será lançada no dia 12, e acabou soltando uma pequena provocação sobre o próximo jogo da franquia. O easter egg foi identificado inicialmente pela conta do Twitter de Eric Maynard e informa, em japonês: "Vanguard está chegando".

A frase está presente em quase toda a imagem; não é possível dizer que ela é uma confirmação do nome do próximo Call of Duty, pois o jogo ainda não foi anunciado oficialmente.

Durante uma apresentação dos resultados fiscais do segundo trimestre, executivos da Activision Blizzard afirmaram que título estará disponível no quarto trimestre de 2021 – o padrão de lançamentos anteriores aponta para novembro ou outubro.

Já foi confirmado que a Sledgehammer Games, responsável por COD: WWII (2017), Advanced Warfare (2014) e Modern Warfare 3 (2011), é a encarregada do desenvolvimento.

A próxima temporada de Warzone também ganhou um trailer, que você pode conferir abaixo. A atualização promete um Mini Royale, que condensa a jogabilidade "tradicional", além de novas armas gratuitas, mudanças no mapa e mais um passe de batalha. Confira mais detalhe no site da empresa.

Rumores e vazamentos para todos os lados

Segundo a conta especializada em notícias da franquia CharlieIntel no Twitter, finalmente podemos ter mais detalhes sobre "Vanguard" neste mês de agosto – vale ressaltar que a Gamescom 2021 acontecerá entre os dias 25 e 29.

Rumores passados alegam que o jogo voltará à Segunda Guerra mundial. Segundo o portal VGC o game também pode ser lançado com um gigantesco mapa para o Warzone no pacífico. De acordo com o insider Tom Henderson, o CoD será exibido inicialmente ao público pelo battle royale.

E os problemas recentes da Activision Blizzard?

Após a recente acusação e investigação de casos de assédio, abusos e discriminação no ambiente de trabalho na empresa, o desenvolvedor sênior de World of Warcraft Jeff Hamilton afirmou que "quase nada" está sendo feito no MMO.

Em um email aos funcionários, a empresa afirmou que J. Allen Brack, ex-presidente da Blizzard, deixou o cargo para a entrada de Jen Oneal e Mike Ybarra. Apesar destas mudanças no "lado Blizzard" da companhia, nenhum problema no próximo COD foi noticiado.